Tamanho do texto

Alinhado a Trump, presidente foi pessoalmente a coquetel na embaixada do país em Brasília; essa foi a primeira vez que um mandatário vai ao evento

Bolsonaro
Carolina Antunes/PR
Bolsonaro celebra independência dos EUA e posa de 'astronauta' ao lado do ministro Marcos Pontes

Em gesto incomum, o presidente Jair Bolsonaro decidiu ir pessoalmente às comemorações dos 243 anos de independência dos Estados Unidos, na embaixada americana em Brasília. No Brasil, a celebração do 4 de julho foi antecipada em um dia.

Leia também: Em cerimônia pela independência dos EUA, Bolsonaro se compara a Trump

Alinhado ao líder americano Donald Trump, Bolsonaro participou de um coquetel e até posou como "astronauta" ao lado do ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes. Neste momento, os Estados Unidos estão sem um embaixador no Brasil.

Desde que tomou posse, Bolsonaro se encontrou pessoalmente com Trump duas vezes. A primeira foi em março durante visita do brasileiro à Casa Branca, em Washington. Na semana passada, durante encontro dos países do G-20 no Japão,  os dois presidentes se reuniram novamente . A ida à embaixada foi vista como um reforço à proximação entre os governos.

Leia também: Bolsonaro vira meme após 'se comparar' à rainha da Inglaterra; veja os melhores

Nas duas ocasiões, Bolsonaro e Trump trocaram afagos em público. O presidente brasileiro prega a aproximação com os Estados Unidos desde a campanha.