Tamanho do texto

Discussão do projeto foi adiada na CCJ na última semana, onde foi pautada a pedido de Alcolumbre; projeto trata de medidas contra corrupção

Senadores em plenário
Jefferson Rudy/Agência Senado - 3.6.19
Proposta foi incluída às pressas na pauta do Senado

O plenário do Senado vai discutir nesta terça-feira (18) o projeto de lei da Câmara nº 27 de 2017, que trata de medidas de combate à corrupção e à impunidade. O projeto de iniciativa popular define crimes de abuso de autoridade do Ministério Público e de magistrados.

Leia também: Sergio Moro e Glenn Greenwald serão convidados a depor em Comissão da Câmara

O projeto, no entanto, ainda não foi votado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado. Na última quinta-feira (12), o abuso de autoridade foi pautado às pressas na CCJ pela presidente da Comissão, Simone Tebet (MDB-MS), mas um pedido de vista adiou a votação.

Segundo a senadora, ela pautou a questão a pedido do presidente do Senado , Davi Alcolumbre (DEM-AP). Ele também é o responsável por definir o que será discutido pelo plenário.

Leia também: Senado pode derrubar decretos das armas assinados por Bolsonaro nesta terça

A proposta sobre abuso de autoridade voltou a ser analisada em meio à divulgação de mensagens trocadas entre o ex-juiz e atual ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e o procurador do Ministério Público Federal Deltan Dallagnol.