Tamanho do texto

"Quem tem preocupação com a agenda do país deve somar esforços e não usar redes sociais para provocações", disse o prefeito de Salvador, ACM Neto

ACM Neto
Reprodução/Facebook
Prefeito de Salvador, ACM Neto disse que apoiadores do governo não devem ficar se provocando nas redes sociais

O presidente do DEM,ACM Neto (BA), reclamou da cobrança de aliados do presidenteJair Bolsonaro para que o seu partido declare apoio formal ao governo. O partido realiza uma convenção nesta quinta-feira para reconduzir ACM Neto no comando da legenda e não deve fazer nenhuma declaração formal de apoio.

Leia também: Economia brasileira recua 0,2% no primeiro trimestre, aponta IBGE

"Acho que não é o momento de alimentar esse tipo de polêmica nem discussão. Quem tem preocupação com a agenda do país deve somar esforços e não usar redes sociais ou o plenário da Câmara e do Senado para provocações. Às vezes alguns aliados do governo perdem tempo com fogo amigo, poderiam estar somando esforços e concentrando energia no que é importante, que é o avanço dessa agenda de reformas, principalmente agora na Câmara a reforma da Previdência", disse o presidente do DEM ao chegar ao evento.

ACM Neto  destacou que o presidente Jair Bolsonaro teria dado sinalizações de que não pretende ter uma base formal de apoio e, por isso, a legenda não discutirá o tema. Ele afirmou que o partido vai emitir uma posição em defesa das reformas econômicas, principalmente a Previdência. Mas disse que eventual fechamento de questões, o que obrigaria todos os filiados a votar a favor, só deve começar a ser discutida pela nova Executiva, que também será eleita nesta quinta.

Presente no evento, o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni , minimizou o fato de o partido, ao qual ele é filiado, não ter declarado apoio formalmente. Onyx ressaltou que o DEM tem apoiado o governo em quase todas as votações.

Leia também: Toffoli não tem 'procuração' do STF para negociar pacto, diz Marco Aurélio

"Se nós olharmos o desempenho e os encaminhamentos do DEM com relação aos projetos enviados pelo Executivo nós temos 98% a 99% dos líderes do partido encaminhando da mesma forma que a liderança do governo, então isso é uma prova inequívoca de que mesmo sem estar formalmente dentro do governo e nós estamos com paciência e com calma deixando os partidos e os novos deputados e senadores se ajustarem e com diálogo nós estamos vencendo todos os obstáculos", disse Onyx.