Tamanho do texto

Abraham Weintraub, titular da pasta da Educação, divulgou os números de telefone da deputada e de membros da equipe da parlamentar; saiba mais

Tabata Amaral
Reprodução/Instagram
Tabata Amaral vai processar o ministro da Educação, Abraham Weintraub

A deputada federal Tábata Amaral (PDT-SP) informou na tarde desta quarta-feira que vai entrar com um processo por danos morais contra o ministro da Educação, Abraham Weintraub, por ele ter divulgado o seu número de telefone pessoal e de integrantes da sua equipe. A parlamentar conversa com advogados para "entrar o quanto antes com as medidas judiciais cabíveis".

Leia também: Decreto das armas segue inconstitucional mesmo com mudanças, dizem especialistas

“Estou entrando com um processo por danos morais contra o senhor por distribuir a uma comissão pública prints com o meu número pessoal e da minha equipe. Isso é um constrangimento, isso não é uma atitude de um ministro. Eu tenho vergonha da gente está aqui cobrando planejamento estratégico, falando de coisas sérias, com respeito. E o senhor me responder com isso. Isso é falta de maturidade, pelo amor de Deus", afirmou a Tábata Amaral durante sessão na Comissão de Educação da Câmara dos Deputados.