Tamanho do texto

Presidente da Firjan, Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira nega ser alvo de investigação da Lava Jato por suposta movimentação atípica; confira nota

Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira
Valter Campanato/Agência Brasil
Presidente da Firjan, Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira

O presidente da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan), Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira, rebateu, em nota enviada ao iG nesta quarta-feira (22),  suposta investigação conduzida pela força-tarefa da Operação Lava Jato contra ele. A informação foi publicada no portal em reportagem reproduzida da revista Istoé , da Editora Três. Confira a íntegra do posicionamento de Gouvêa Vieira abaixo:

“A respeito da nota ‘Caiu na Lava Jato’, veiculada na Coluna Brasil Confidencial, o único sentimento que cabe expressar é a decepção por constatar a propagação de informações sabidamente falsas. O intuito indisfarçável é igualar uma reputação ilibada a reputações, estas sim, publicamente maculadas por atos lesivos praticados em nome da representação empresarial. Não conseguirão. Minha trajetória fala por mim.”