Tamanho do texto

De acordo com o ministro-chefe da Casa Civil, o presidente receberá líderes de dez legendas na próxima semana; foco será a reforma da Previdência

Ministro Onyx Lorenzoni e Jair Bolsonaro
Rafael Carvalho/Governo de Transição
Jair Bolsonaro vai passar por novas reuniões com líderes de partidos, revela Onyx

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, disse que Jair Bolsonaro pretende fortalecer a base aliada na próxima semana. De acordo com Onyx, o presidente deve se reunir com líderes de dez partidos a partir destaa quinta-feira (4) para que eles integrem a base governista. O foco, segundo o ministro, é a aprovação da reforma da Previdência.

Leia também: Bolsonaro retorna ao Brasil e diz que foco agora é reforma da Previdência

"Para que nós tenhamos uma base constituída, precisamos dialogar. Convidar e abrir a porta: é o que a gente está fazendo. Abrindo a porta para a construção dessa base que vai se expressar na votação da Nova Previdência", disse Onyx sobre as reuniões de Bolsonaro .

"Vai ser o tom de convidá-los, a instituição partidária, para que participe desse esforço de construção de entendimento na busca de poder ter a Nova Previdência aprovada, que o Brasil encontre o equilíbrio fiscal, porque esse é o passaporte para o portal da prosperidade", explicou o ministro.

Bolsonaro , que desembarca em Brasília ainda nesta quarta-feira (3) após uma viagem a Israel, recebe, já na quinta-feira, os presidentes do PRB, Marcos Pereira; do PSD, Gilberto Kassab; do PSDB, Geraldo Alckmin; do DEM, ACM Neto; do PP, Ciro Nogueira e do MDB, Romero Jucá. De acordo com Onyx, o governo também abrirá conversas com PSL, SD, PR e Podemos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.