Tamanho do texto

Senador eleito pelo estado de São Paulo vai disputar o comando da casa

Major Olimpio foi confirmado pelo PSL como pré-candidato à presidência do Senado
REPRODUÇÃO/AGÊNCIA BRASIL
Major Olimpio foi confirmado pelo PSL como pré-candidato à presidência do Senado

O Partido Social Liberal (PSL) lançou, na tarde desta quinta-feira (3), a pré-candidatura de Major Olimio para a presidência do Senado Federal. O anúncio foi feito pelo presidente da chapa, Luciano Bivar, após uma reunião com parte da bancada.

“Hoje, na nossa reunião, o partido entendeu que o Major olimpio é o nosso candidato ao Senado Federal”, disse Bivar. O senador eleito contou que foi convidado para disputar o cargo durante a posse do presidente Jair Bolsonaro.

Leia também: 'DEM não deve presidir a Câmara, diante da grandeza do PSL', diz Major olimpio

Inicialmente, a ideia do PSL era apoiar o candidato de um outro partido, como fará na Câmara dos deputados com Rodrigo Maia, mas a cúpula do partido resolveu partir para um candidatura própria no senado.

"Até então, todos sabem que a minha articulação pelo PSL junto aos senadores era justamente na busca da união de candidaturas pré-colocadas. E, agora, com essa missão do partido, eu me coloco como mais uma dessas opções, prosseguindo nesse processo de agregação e de fortalecimento para termos uma candidatura sólida com chance de vitória para a Presidência do Senado", explicou Major olimpio.

O senador eleito afirmou que sua principal plataforma como presidente da casa será dar "governabilidade" ao presidente Jair Bolsonaro. "Esse é o esforço. Tentamos construir governabilidade para o projeto do governo Bolsonaro dentro do Senado ", disse.

Para conquistar a cadeira de presidente do Senado, o candidato precisa de aprovação de pelo menos 49 dos 81 parlamentares. O mais obstáculo de Major olimpio deve ser  Renan Calheiros (MDB-AL), que ainda não confirmou que disputará a vaga.

Calheiros comandou a casa em três oportunidades: entre 2005 e 2007, de 2013 a 2015 e de 2015 a 2017, e é o grande favorito para vencer o pleito caso se candidate. Major Olimpio admitiu a força do possível adversário, mas disse estar confiante.

Leia também: 'DEM não deve presidir a Câmara, diante da grandeza do PSL', diz Major olimpio

"Hoje, notadamente no meu entendimento, ele é o candidato mais forte colocado, mas tudo isso tem uma evolução. Temos 28 dias pela frente para construir uma candidatura com bastante solidez. O processo em relação à minha candidatura começa com a definição do partido", analisou o sendador eleito.

Sérgio olimpio Gomes, mais conhecido como Major Olimpio , tem 56 anos e já foi deputado estadual e federal pelo estado de São Paulo antes de conquistar sua vaga no senado no pleito de 2018. antes de se filiar ao PSL, ele já dez parte do PP, do PV,  do PDT,  do PMB e do SD.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.