Tamanho do texto

No Twitter, o presidente eleito respondeu ao petista dizendo que só não disputaram diretamente porque "ele está preso, condenado por corrupção"

'Fez política, e não justiça' disse o ex-presidente Lula sobre a atuação do ex-juiz federal Sergio Moro
Ricardo Stuckert
'Fez política, e não justiça' disse o ex-presidente Lula sobre a atuação do ex-juiz federal Sergio Moro

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou, em sua primeira entrevista da cadeia, que o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), só ganhou as eleições porque não concorreu contra ele. Proibido de dar entrevistas pessoalmente, Lula respondeu perguntas da BBC por meio de cartas. 

Leia também: STF tem dois votos contra liberdade de Lula, mas Gilmar Mendes pede vistas

"Bolsonaro só venceu porque não correu contra mim", afirmou Lula na entrevista feita por intermédio do jornalista Kennedy Alencar, seu ex-assessor. O petista ainda garantiu que está preso sem motivo e voltou a fazer críticas ao ex-juiz federal Sérgio Moro.

"Ele [Moro] fez política, e não justiça, e agora se beneficia disso", disse o ex-presidente. Lula acusa Moro de ter agido politicamente para prendê-lo e, assim, tirá-lo da disputa presidencial quando aceitou o convite de Bolsonaro para ser ministro da Justiça. 

Em suas cartas, Lula também afirma que foi condenado por ser "o presidente de maior sucesso da República" e "o que mais fez pelos pobres". "Moro sabia que, se agisse de acordo com a lei, teria que absolver-me e eu seria eleito presidente", escreveu. 

O ex-juiz respondeu às declarações do ex-presidente ao jornalista Kennedy Alencar e afirmou que Lula foi condenado por ser o "autor intelectual do escândalo da Petrobras". Moro também disse que sua nomeação como ministro não teve nada a ver com a prisão e que ele "nem conhecia o presidente eleito em 2017 quando a sentença foi cumprida". 

Leia também: Bolsonaro ironiza Lula após carta com críticas a Moro e à "perseguição" ao PT

Em sua conta do Twitter, o presidente eleito, Jair  Bolsonaro , também respondeu ao ex-presidente Lula, ironizando a sua declaração sobre a corrida presidencial deste ano. "Só não concorri com Lula porque ele está preso, condenado por corrupção!", escreveu. 

Lula foi condenado por Moro – que na época era juiz de primeira instância – a nove anos e meio de prisão. Na segunda instância, julgado por desembargadores do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), de Porto Alegre, o ex-presidente teve a pena aumentada para 12 anos e um mês, acusado de receber propina de 2,2 milhões da OAS por meio de um triplex no Guarujá. 

Leia também: PT entra com ação no CNJ para anular exoneração de Sérgio Moro como juiz

    Leia tudo sobre: Lula
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.