Tamanho do texto

Uma das autoras do impeachment contra Dilma Rousseff, advogada foi eleita deputada estadual com mais de 2 milhões de votos pelo PSL, de Bolsonaro

Janaina Paschoal, autora do pedido de impeachment contra Dilma Rousseff, foi a deputada estadual mais votada do Brasil
Marcos Oliveira/Agência Senado
Janaina Paschoal, autora do pedido de impeachment contra Dilma Rousseff, foi a deputada estadual mais votada do Brasil

Janaina Paschoal, jurista filiada ao PSL, foi a deputada estadual mais votada na história do País. Eleita pelo estado de São Paulo, o maior colégio eleitoral do Brasil, Janaina foi escolhida por 2.060.786 eleitores paulistas na votação desse domingo (7). 

Leia também: Eleições 2018: Senado tem 85% de renovação, a maior de toda a sua história

A candidata superou o recorde histórico de votos para o legislativo federal e estadual. Em São Paulo, o segundo candidato mais votado teve 1,5 milhão de votos a menos que Janaina. Trata-se de Arthur Mamãe Falei (DEM), do Movimento Brasil Livre (MBL), que também fará sua estreia na Assembleia Legislativa. A  deputada estadual mais votada  também obteve mais votos que Eduardo Bolsonaro (PSL), o candidato a deputado federal mais votado por São Paulo (e dono da maior votação para o cargo na história). 

Janaina Paschoal se notabilizou por seu anti-petismo e por ser uma das autoras do processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT). Ela também foi cogitada para ser a vice do candidato à Presidência Jair Bolsonaro, também do PSL, mas não aceitou por motivos familiares. 

Leia também: Fernando Haddad prega união e diz que "segundo turno é oportunidade de ouro"

Os votos recebidos por Janaina representam 9,92% dos votos válidos. O recorde anterior, sete vezes menor, foi de Fernando Capez (PSDB), reeleito em 2014 com mais de 306 mil votos. Ela também obteve mais votos que 10 dos 13 governadores eleitos no primeiro turno e que presidenciáveis como Henrique Meirelles (MDB) e Marina Silva (Rede).

Janaina é a deputada estadual mais votada; veja o top 10 em São Paulo:

Partido da deputada estadual mais votada em São Paulo, PSL terá segunda maior bancada na Câmara dos Deputados
Luis Macedo / Câmara dos Deputados
Partido da deputada estadual mais votada em São Paulo, PSL terá segunda maior bancada na Câmara dos Deputados



  1. Janaina Paschoal (PSL) - 2.031.829 votos
  2. Arthur Mamãe Falei (DEM) - 470.606 votos
  3. Carlos Giannazi (PSOL) - 216.399 votos
  4. Coronel Telhada (PP) - 211.300 votos
  5. Gil Diniz (PSL) - 210.439 votos
  6. Daniel José (NOVO) - 180.861 votos
  7. Jorge Wilson Xerife Consumidor (PRB) - 173.378 votos
  8. Delegado Olim (PP) - 159.411 votos
  9. Caio França (PSB) - 149.764 votos
  10. Monica da Bancada Ativista (PSOL) - 147.868 votos

Impulsionado pelo anti-petismo e pela candidatura de Jair Bolsonaro à Presidência, o PSL deve ter uma das maiores bancadas na Câmara a partir de 2019, com 52 deputados, estando somente atrás do PT, com 56. Antes, a sigla só tinha um, eleito em 2014.  O MDB foi o que mais perdeu cadeiras, passando de 66 para 34 em 2018. 

Leia também: Em discurso após resultado do 1º turno, Bolsonaro fala em fraude nas eleições

Após o resultado, a deputada estadual mais votada , Janaina Paschoal, escreveu em sua conta do Twitter: "Amados, são muitos votos, mais de dois milhões. Essa votação expressiva é muito importante, pois me confere mais legitimidade para trabalhar por todos nós. Agradeço a cada cidadão que confiou em mim. Deus há de me ajudar a fazer tudo que tenho em mente e mais um pouco!"

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas