Tamanho do texto

Candidato do PSL alcançou 42% dos votos neste domingo e terá como adversário o tucano, que somou 38%; atual governadora ficou em terceiro

Vencedor da disputa entre Anchieta e Denarium no 2º turno da eleição em Roraima tomará posse no dia 5 de janeiro
iG Arte - Reprodução/Facebook
Vencedor da disputa entre Anchieta e Denarium no 2º turno da eleição em Roraima tomará posse no dia 5 de janeiro

Os candidatos Antônio Denarium (PSL) e José de Anchieta Júnior (PSDB) vão disputar o segundo turno da eleição em Roraima para o cargo de governador do Estado. O resultado foi confirmado pela Justiça Eleitoral às 21h20 deste domingo (7) após apuração de 92% das urnas. A votação do segundo turno está agendada para o dia 28 deste mês.

Mais de 261 mil de eleitores participaram da votação em todo o Estado neste domingo, número que equivale a 83% das 331.489 pessoas que compõem o eleitorado do Estado. Denarium obteve 42,3% (103,5 mil votos) dos mais de 244 mil votos válidos registrados na eleição em Roraima , enquanto o candidato Anchieta foi escolhido por 38% do eleitorado (93 mil votos).

Também foram contabilizados 11% dos votos para a atual governadora Suely Campos (PP); 4,28% para Fábio (PSOL) e Telmário Mota (PTB) 3,67%. Brancos e nulos somaram 6,3%.

Denarium e Anchieta já poderão retomar suas campanhas nas ruas e na internet, de olho no segundo turno da eleição, a partir desta segunda-feira (8). A propaganda eleitoral no rádio e na TV será reiniciada na sexta-feira (12).

Os desafios para quem vencer a eleição em Roraima

Um dos maiores desafios do próximo governador de Roraima vai ser lidar com o problema do do fluxo de venezuelanos e a grave crise humanitária que o estado enfrenta. Devido a crise econômica e social na Venezuela, Roraima tem sido a porta de entrada destes imigrantes em território brasileiro.

O Estado tem ainda a menor representatividade no PIB nacional e o baixo desenvolvimento econômico é associado a vários fatores, a começar pela insegurança energética, que depende do país vixinho em crise.

O próximo governo tem também a responsabilidade de investir na infraestrutura de vias importantes no escoamento da produção para outros mercados dentro do país, já que muitas ficam praticamente intransitáveis no período chuvoso.

O vencedor da disputa entre Denarium e Anchieta no segundo turno da  eleição em Roraima  tomará posse no Palácio Senador Hélio Campos no dia 5 de janeiro. Seu mandato vai até o dia 31 de dezembro de 2021.