Tamanho do texto

Comprador arrematou o imóvel de 462 metros quadrados nos últimos minutos do leilão; ex-governador do Rio já soma 183 anos em condenações

Mansão de Sérgio Cabral em Mangaratiba (RJ) é avaliada em R$ 8 milhões; lance inicial é de R$ 6,4 milhões
Renato Guedes
Mansão de Sérgio Cabral em Mangaratiba (RJ) é avaliada em R$ 8 milhões; lance inicial é de R$ 6,4 milhões

Nos últimos minutos do leilão dos bens do ex-governador Sérgio Cabral, a mansão em Mangaratiba foi arrematada por R$ 6,4 milhões, valor mínimo estipulado no leilão . A venda ocorreu nesta quinta-feira (13) após o próprio leiloeiro já ter admitido que teria de anunciar o imóvel por um preço inferior, em um próximo arremate. O leilão ocorreu no auditório da Justiça Federal, no centro do Rio. 

A mansão de  Sérgio Cabral  tem um total de 462 metros quadrados. Neles, estão distribuídas cinco suítes, sauna e churrasqueira, além de dois quartos de empregados. No quintal, há sala de ginástica, sauna com paredes de vidro e duas piscinas. Veja fotos:


Dos bens mais valiosos do ex-governador, sobrou a lancha, de R$ 3,2 milhões, que será oferecida em um futuro leilão , após uma nova avaliação, segundo o leiloeiro Renato Guedes. 

Foram arrematados também os três carros blindados de Cabral: um Land Rover Discovery, por R$ 251 mil; um Land Rover Freelander, por R$ 156 mil; e um Hyundai Azera, por R$ 78 mil.

O comprador do Land Rover Discovery, um empresário do setor de saúde, que não quis se identificar, disse que o maior atrativo foi o carro ter blindagem nível 4, que suporta tiros de fuzil, e que raramente é permitida para o cidadão comum, mas que havia sido concedida a Cabral por ele ser chefe de um poder.

Leia também:Juiz substitui prisão domiciliar de Adriana Ancelmo por tornozeleira eletrônica

Também foram vendidos três apartamentos do operador de Cabral, Ary Filho, na Avenida Lúcio Costa, na Barra da Tijuca, de frente para o mar, por R$ 9 milhões. Um lote de relógios importados, do ex-secretário Hudson Braga, foi arrematado por R$ 39,750 mil.

No primeiro leilão dos bens, um jet-boat foi arrematado por R$ 85.500 (lance mínimo de R$ 40 mil). E um jet-ski saiu por R$ 50 mil (lance mínimo de R$ 36 mil).

Sérgio Cabral já soma 183 anos de prisão

MPF já moveu 26 ações penais contra o ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral, que foi condenado em oito delas
Fernando Frazão/Agência Brasil
MPF já moveu 26 ações penais contra o ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral, que foi condenado em oito delas

Na quarta-feira (12), o ex-governador do Rio de Janeiro foi condenado a 12 anos e 10 meses de prisão por formação de cartel e fraudes em licitações para a reforma do Maracanã e para as obras do chamado PAC das Favelas. Com a nova sentença, as penas acumuladas já somam mais de 183 anos de prisão.

Essa foi a segunda sentença desfavorável ao ex-governador do Rio nesta semana. Na terça-feira (11), ele foi condenado a 47 anos e quatro meses de prisão por corrupção, formação de quadrilha e pertinência à organização criminosa em obras realizadas com recursos federais como o Arco Metropolitano, PAC das Favelas e Linha 4 do Metrô.

Ao todo, o MPF já moveu 26 ações penais contra Sérgio Cabral , que foi condenado em oito delas. Uma das condenações já foi confirmada em segunda instância.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.