Tamanho do texto

Segundo a decisão do TRF-4, “PT carece de legitimidade” para pleitear benefícios; debate entre os candidatos à Presidência será na quinta-feira (9)

Lula não poderá participar de debate na Band nesta quinta-feira (9)
Divulgação/Lula
Lula não poderá participar de debate na Band nesta quinta-feira (9)

O Tribunal Federal Regional da 4ª Região (TRF-4) negou nesta segunda-feira (6) um pedido do PT para que o  ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participasse do debate na Band, seja indo à emissora, por vídeo conferência ou enviando vídeos gravados. 

Segundo a decisão da juíza federal Bianca Georgia Cruz Arenhart “o PT carece de legitimidade” para pleitear benefícios a Lula. Para a magistrada, o tipo de recurso usado pelo partido, um agravo de execução penal, só pode ser usado para questões relacionadas à execução da pena, o que não é o caso. O debate na Band com os candidatos à Presidência da República acontecerá na quinta-feira (9). 

Na decisão, a juíza destaca que proibir Lula de participar dos debates não significa obstrução a liberdade de imprensa. "Cuida-se sim, como já observado, de questão afeta à segurança pública e do estabelecimento de custódia e à disciplina no cumprimento da pena. De qualquer modo, é pacífico o entendimento de que o sistema constitucional brasileiro não contempla direitos ou garantias revestidos de caráter absoluto". 

Leia também: PCdoB desiste de candidatura própria e Manuela D'Ávila será vice na chapa do PT

A magistrada ressaltou ainda que o uso de videoconferência está limitado à realização de atos jurisdicionais. "Incabível a extensão para a realização de 'atos de pré-campanha' ou de campanha eleitoral, pois ausente previsão legal. Além disso, restaria violada a isonomia em relação aos demais detentos, sem fundamento constitucional ou legal para o emprego de diferenciação", argumentou a juíza. O PT vai recorrer da decisão.

PT quer Haddad em debate na Band

PT quer Fernando Haddad representando o ex-presidente Lula em debate da Band e em outras emissoras
Divulgação
PT quer Fernando Haddad representando o ex-presidente Lula em debate da Band e em outras emissoras

Preso em Curitiba desde abril deste ano em decorrência das acusações da Lava Jato, Lula quer que Fernando Haddad o represente nas discussões com os demais presidenciáveis. A TV Band e a Rede Globo, no entanto, estão resistentes quanto ao pedido do PT. Isso porque as emissoras exigem que o líder da chapa, isto é, Lula , esteja presente no debate presidenciais.

De acordo com o secretário de Comunicação do PT, Carlos Henrique Árabe, contudo, o partido não medirá esforços para ter  Fernando Haddad no debate na Band e em outras emissoras. “No diálogo ou na Justiça: trata-se de representar o candidato em primeiro lugar”, disse ao jornal Folha de S.Paulo .

    Leia tudo sobre: Lula
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.