O ex-deputado José Maria Eymael é o candidato à Presidência do DC e terá Helvio Costa como vice
Divulgação
O ex-deputado José Maria Eymael é o candidato à Presidência do DC e terá Helvio Costa como vice

A candidatura de José Maria Eymael à presidência da República foi confirmada nesta manhã pelo partido Democracia Cristã (DC), antigo Partido Social Democrata Cristão (PSDC), na manhã deste sábado (28). Além disso, o partido também oficializou a candidatura do pastor da Assembleia de Deus Helvio Costa como vice-presidente.

Leia também: Relembre 19 momentos bizarros do horário eleitoral na televisão

“Tenho absoluta convicção que estou vendo na minha frente deputados e deputadas federais que me ajudaram a governar em Brasília. Estou vendo também mulheres e homens que irei cumprimentar na assembleia legislativa de São Paulo. Tenho absoluta convicção do que estou dizendo. Nós vamos mostrar ao Brasil a força da democracia cristã de São Paulo”, disse José Maria Eymael .

O candidato à Presidência da República , que foi deputado federal constituinte, citou o que considerou conquistas da Constituição Federal, como a proteção da família, defesa do contribuinte e benefícios aos pequenos produtores rurais.

Eymael também se posicionou contra a corrupção e disse que o partido quer um país onde exista a igualdade de oportunidade. “Todos nós podemos afirmar com orgulho que a minha história é uma história de vida limpa. Ninguém pode me apontar um dedo acusador porque minha vida é limpa. Porque sou um democrata cristão”, disse o candidato.

Propostas de José Maria Eymael

Na área econômica, as diretrizes gerais de governo do PSDC incluem política macroeconômica orientada para diminuição do custo do crédito ao setor produtivo, apoio e incentivo ao turismo e a valorização do agronegócio com ações de governo específicas, que ainda não foram divulgadas, e apoio aos pequenos e médios produtores rurais.

Em relação à segurança pública, o candidato pretende dar continuidade ao Ministério da Segurança Pública e condições necessárias para a realização das atividades de sua competência. Na área de saúde, o programa inclui continuidade da política do Sistema Único de Saúde (SUS).

Você viu?

Na educação, além da ampliação de vagas no ensino público universitário e em cursos profissionalizantes, o programa prevê a inclusão da disciplina Educação Moral e Cívica no ensino fundamental.

Leia também: De olho na eleições, Maia e Eunício gastam R$ 250 mil em 'viagens forçadas'

Empresário está há mais de 50 na política

José Maria Eymael nasceu em Porto Alegre (RS), cursou Filosofia e Direito na Pontifícia Universidade Católica (PUC) do Rio Grande do Sul. Ele se formou em direito, com especialização em Direito Tributário, e atua como empresário há 46 anos nas áreas de marketing, comunicação e informática.

Eymael é o mais velho de sete filhos de um servidor público do Rio Grande do Sul, começou a trabalhar aos doze anos de idade como auxiliar de tipografia. Mais tarde foi um dos líderes da Juventude Operaria Católica (JOC). Como líder universitário, presidiu o Centro Acadêmico São Tomás de Aquino da Faculdade de Filosofia da PUC-RS e a Federação dos Estudantes de Universidades Particulares do Rio Grande do Sul (FEUP).

Nessas funções, José Maria Eymael coordenou campanhas nacionais e regionais como a do Barateamento do Livro Didático. Em 1962, ingressou no Partido Democrata Cristão (PDC) em Porto Alegre, passando a atuar na Juventude Democrata Cristã.

Leia também: De olho na eleições, Maia e Eunício gastam R$ 250 mil em 'viagens forçadas'

*Com informações da Agência Brasil

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários