Tamanho do texto

Deputado federal do PSL tem 17% das intenções de voto, enquanto a ex-ministra do Meio Ambiente tem 13%; logo, estão empatados tecnicamente

Bolsonaro e Marina estão empatados tecnicamente na disputa presidencial
iG Arte - Reprodução/Instagram
Bolsonaro e Marina estão empatados tecnicamente na disputa presidencial

Os pré-candidatos presidenciáveis Jair Bolsonaro (PSL) e Marina Silva (Rede) lideram juntos, tecnicamente, a disputa pelo cargo de presidente da República, a ser conquistado nas eleições deste ano, em outubro. Isso é o que revela a pesquisa CNI/Ibope divulgada nesta terça-feira (28), que mostram que Bolsonaro e Marina estão empatados, devido à margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos. 

Leia também: STF deve julgar hoje ações contra a validade da reforma trabalhista

Segundo o levantamento, o deputado federal está à frente, com 17%, e a ex-ministra do Meio Ambiente tem 13%. Bolsonaro e Marina estão empatados tecnicamente porque, com a margem de erro, ambos alcançam em torno dos 15% das intenções de voto. 

Apesar dessa liderança, a maior proporção neste cenário, que não inclui o ex-presidente Lula como uma opção, é de brancos e nulos (33%). Quando Lula é incluído na pesquisa, ele conquista a liderança com 33% das intenções de voto. 

Ainda no cenário sem o petista, Ciro Gomes (PDT) aparece com 8%, e Geraldo Alckmin (PSDB), com 6%, também empatados tecnicamente. Apenas na quinta posição aparece Álvaro Dias (Podemos) com 3%, seguido pelo ex-presidente Fernando Collor (PTC), com 2%, e por Haddad, também com 2%. 

Os outros nove pré-candidatos ficaram com 1% cada um: Manuela D'Ávila (PCdoB), Rodrigo Maia (DEM), Flávio Rocha (PRB), Guilherme Boulos (PSOL), Henrique Meirelles (MDB), João Amoêdo (Novo), João Goulart Filho (PPL), Levy Fidelix (PRTB).

A pesquisa foi encomendada pela Confederação Nacional da Indústria e contou com entrevistas a dois mil eleitores entre os dias 21 e 24 de junho. O nível de confiança dessa pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro.

Leia também: STF pede que PGR se pronuncie sobre R$ 1 milhão a amigo de Temer

Além disso, esse levantamento foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral sob o protocolo BR-02265/2018.

Bolsonaro e Marina estão empatado – só no cenário sem Lula

No cenário em que Lula é incluído entre as opções, Bolsonaro conquista 15%, Marina, 7%, Ciro e Alckmin, 4%, e Álvaro Dias, 2%. Ainda nesse cenário, aparecem com 1% cada um os pré-candidatos João Amoedo, Manuela D'Ávila, Fernando Collor, Flávio Rocha, Levy Fidelix e João Goulart Filho.

Bolsonaro e Marina estão empatados , portanto, e passam a ser uma ameaça um para o outro nas eleições, apenas se o ex-presidente petista realmente não puder ser candidato à Presidência da República.

Leia também: Temer celebra resultado do jogo do Brasil na Copa do Mundo: "que venha o México"

    Leia tudo sobre: lula
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.