Tamanho do texto

Site de financiamento coletivo foi lançado hoje, mesmo com o pré-candidato preso em Curitiba; campanha será lançada sexta – em evento sem o petista

Segundo Gleisi Hoffmann, campanha eleitoral de Lula acumulou em um dia de 'vaquinha' o total de R$ 37.760
Reprodução/Twitter
Segundo Gleisi Hoffmann, campanha eleitoral de Lula acumulou em um dia de 'vaquinha' o total de R$ 37.760

O Partido dos Trabalhadores (PT) lançou, nesta quarta-feira (6), uma plataforma virtual de financiamento coletivo para custear a campanha eleitoral do pré-candidato da legenda, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, à Presidência da República nas eleições de outubro.

Leia também: Defesa de Lula pede suspensão de condenação ao STJ e STF

Lula está preso desde o dia 7 de abril na sede da Polícia Federal, em Curitiba – condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do tríplex do Guarujá. Porém, isso não foi visto como um problema pelos apoiadores de sua campanha eleitoral , que doaram ao partido, neste primeiro dia de arrecadações, mais de R$ 37 mil.

Segundo a presidente nacional do PT, a senadora Gleisi Hoffmann , o partido acumulou em um dia de 'vaquinha' o total de R$ 37.760, doados por 466 apoiadores.

"'Vaquinha' de Lula a todo vapor. No primeiro dia de arrecadação pra campanha Lula Presidente o saldo já é um sucesso! Obrigada a todos pelo apoio e confiança!!!", disse Gleisi.

O site foi lançado por volta das 10h de hoje e, logo cedo, foi divulgado nas redes sociais por Gleisi, em um vídeo gravado por ela à sua militância.

Leia também: "Nunca soube de negociata" para Brasil sediar a Rio 2016, depõe Lula à PF

Em nota, o partido afirmou que "sempre defendeu o fim das contribuições empresariais para o aperfeiçoamento da democracia brasileira”. Essa forma de arrecadação passou a ser permitida pela legislação eleitoral nas eleições deste ano.

As doações no site do PT podem ser feitas por pessoas físicas, nos valores de R$ 10,00 até R$ 1.064,00 por dia.

Lançamento oficial da candidatura – sem a presença do candidato

Ainda em seu vídeo, a presidente nacional do PT aproveitou para chamar a militância petista para o evento de lançamento da candidatura de Lula à Presidência, na próxima sexta-feira (8). A celebração será na cidade de Contagem, em Minas Gerais, e, claramente, não contará com a presença do candidato, que está preso.

Leia também: Ex-advogado da Odebrecht volta a pedir para ser ouvido na Lava Jato

Apesar da candidatura ainda ser incerta, por conta das questões judiciais que envolvem o ex-presidente, seu partido já lhe criou slogan e identidade visual para sua campanha eleitoral : “Lula livre. Lula inocente. Lula presidente. O Brasil feliz de novo”, disse Gleisi, no vídeo.

    Leia tudo sobre: lula
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.