Tamanho do texto

Ex-presidente e o ator americano estiveram na sede da PF; "Lula está com excelente aparência física e moral elevada, mas indignado", diz Dilma

Dilma Rousseff e petistas em frente à Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, onde Lula está preso
Ricardo Stuckert/Instituto Lula - 31.5.18
Dilma Rousseff e petistas em frente à Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, onde Lula está preso

A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) visitou seu antecessor no cargo, Luiz Inácio Lula da Silva , na sede da Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, onde o petista está preso desde o dia 7 de abril.

Pelas redes sociais, Dilma Rousseff  disse que Lula está com "excelente aparência física e moral elevada, mas muito indignado". "É aquela indignação justa, das pessoas inocentes, que percebem a grande injustiça que está sendo cometida contra ele”, comentou a ex-presidente.

O encontro entre os ex-presidentes durou cerca de meia hora na tarde dessa quinta-feira (31) e a conversa girou em torno das greves dos caminhoneiros e dos petroleiros e daquilo que motivou as paralisações: a política de reajuste de preços dos combustíveis adotada pela Petrobras.

Em discurso feito no acampamento que reúne apoiadores de Lula na capital paranaense, Dilma classificou como um "desastre" a atuação do governo Michel Temer (MDB) em reduzir a produção da Petrobras e “dolarizar” o petróleo brasileiro.

A ex-presidente avaliou que a atual política adotada pela direção da estatal está levando o Brasil a exercer o papel de uma “republiqueta”, que produz material bruto e adquire material processado.

"Inventaram que a Petrobras estava quebrada para reduzir a produção das refinarias. Não podemos aceitar que dolarizem nosso petróleo. Por que o petróleo brasileiro, com custos brasileiros, produzido em real, tem que estar dolarizado ou ligado ao preço internacional?", questionou Dilma, conforme reportou o site mantido pela equipe do ex-presidente Lula. "O presidente Lula me lembrou de tudo isso. E nós avançamos na compreensão do que está sendo a destruição da maior empresa estatal brasileira", complementou Dilma.

Leia também: Tribunal devolve a Lula benefícios de ex-presidente da República

Danny Glover

Ator Danny Glover esteve na sede da superintendência da Polícia Federal em Curitiba para visitar Lula
Ricardo Stuckert/Instituto Lula - 31.5.18
Ator Danny Glover esteve na sede da superintendência da Polícia Federal em Curitiba para visitar Lula

Além de Dilma Rousseff , Lula também foi visitado na prisão pelo ator americano Danny Glover. O artista, que é também embaixador das Nações Unidas, comentou sobre as "agressões à democracia brasileira" e a "prisão política de Lula" após o encontro. "Na minha condição de embaixador da ONU, pude receber muitas informações dos movimentos sociais que repassarei aos congressistas do meu país e do mundo a fim de discutir a restauração da democracia no Brasil", afirmou. "Estou alimentado pela esperança de Lula no fato de que nós vamos vencer", disse o ator.

Leia também: Greve dos caminhoneiros faz Sérgio Moro adiar audiências sobre sítio de Lula

    Leia tudo sobre: Lula
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.