Tamanho do texto

Funcionária do governo acompanhava a primeira-dama em sua caminhada no Palácio; por não ter ajudado Marcela no resgate, ela acabou sendo afastada

Apesar do ato nobre de Marcela Temer ter garantido a segurança do cão, tal bravura se refletiu em punições no Alvorada
Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Apesar do ato nobre de Marcela Temer ter garantido a segurança do cão, tal bravura se refletiu em punições no Alvorada

A primeira-dama Marcela Temer entrou numa fria – literalmente. Isso porque ela se jogou, com roupa e tudo, no lago Paranoá, no Palácio da Alvorada , para salvar o seu cachorro Picolly. O episódio aconteceu há duas semanas, mas só veio à tona nesse domingo (7).

Leia também: Planalto confirma que Marcela Temer comprou uma casa de José Yunes em 2010

De acordo com a revista Crusoé, que publicou a primeira nota sobre o assunto, o cachorro, ao entrar no lago, foi atacado por patos que moram no Palácio. Sem tempo para esperar por ajuda, Marcela Temer resgatou, ela mesma, o animal.

Apesar do ato nobre ter garantido a segurança do pequeno Picolly – mascote de Michelzinho, filho do casal Temer –, tal bravura da primeira-dama se refletiu em punições no Alvorada.

Afinal, os militares que faziam a guarda do Palácio e assistiram à cena foram repreendidos por não terem oferecido suporte a Marcela.

Leia também: Michel Temer fala sobre Marcela em parte editada de gravação com Joesley

Além disso, a Presidência da República confirmou , nesta segunda-feira (7), que uma servidora chegou a ser transferida para outra função por não ter cumprido com a missão de proteger a primeira-dama de possíveis riscos à sua integridade física.

Repercussão da atitude de Marcela Temer

Nas redes sociais, os internautas se dividem entre os que aplaudem a atitude heroica da primeira-dama em relação ao pobre cachorrinho e aqueles que criticam Marcela pelo afastamento da funcionária que foi punida.

"Alguém pode me dizer o porque que a Marcela precisa de uma servidora ao lado dela em um passeio de domingo com o cachorrinho pelos jardins do Alvorada?", escreveu uma internauta, em uma rede social, nesta segunda.

Leia também: Família Temer foi com 60 funcionários para Marambaia no Carnaval

"'Marcela se joga em lago para salvar cãozinho', que bela atitude! Ahhhhh não, pera: 'Marcela pede afastamente de servidora que não a ajudou'. Um passo pra frente e cinco pra trás", analisou outro. "A primeira-dama do meu País é uma deusa grega tupiniquim e eu vou protegê-la", disse um terceiro brasileiro, sobre a esposa de Michel, Marcela Temer , no Twitter.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.