Michel Temer discursou durante a 9ª Cúpula do Brics, na China – segundo ele, viagem gerou interesse bilionário no Brasil
Rogério Melo/PR
Michel Temer discursou durante a 9ª Cúpula do Brics, na China – segundo ele, viagem gerou interesse bilionário no Brasil

Em suas últimas horas na China , o presidente da República, Michel Temer, conversou com a imprensa brasileira e avaliou a sua agenda internacional como uma "viagem bem sucedida". Segundo ele, as conversas que aconteceram no território chinês podem gerar bilhões de dólares na economia brasileira. 

Leia também: Joesley responde Planalto e chama Temer de "ladrão geral da República"

“Eu penso que esta viagem foi bem-sucedida, seja na visita de Estado à Pequim, seja na reunião do Brics. Foram milhões, ou mais, bilhões de dólares que poderão ir para o nosso País em face da abertura que nós fizemos para o mercado nacional e para o mercado estrangeiro”, avaliou Michel Temer .

Na saída do hotel, em Xiamen, o presidente ressaltou o que chamou de “sucesso absoluto” das visitas e reuniões. “O embaixador do Brasil na China, Marcos Caramuru de Paiva, me comunicou que as conversações todas estão gerando mais de US$ 10 bilhões em negociações”, afirmou.

Antes disso, em discurso no Diálogo de Economias Emergentes e Países em Desenvolvimento do Brics – bloco econômico formado pelo Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul –, Temer reiterou a abertura do Brasil ao mundo e defendeu um sistema internacional baseado em regras definidas coletivamente. “O compromisso do Brasil com o multilateralismo é inequívoco”, afirmou.

Leia também: Em fórum do Brics, Michel Temer diz que não há espaço para improvisos

Você viu?

A reunião, que contou com a presença dos cinco líderes do Brics e dos presidentes do Egito, da Guiné, do México, do Tadjiquistão e da Tailândia, foi o último compromisso do peemedebista em sua viagem à China. Temer já embarcou da cidade chinesa de Xiamen para Brasília, onde a chegada está prevista para esta sexta-feira (6). A próxima cúpula do Brics, em 2018, será na África do Sul.

Desenvolvimento para todos

Durante a viagem, Temer também reafirmou a convicção do Brics com o fortalecimento da Organização Mundial do Comércio e com a implementação do Acordo de Paris sobre Mudança do Clima.

“O Brasil soma sua voz às daqueles que prestigiam o diálogo, que se apegam ao primado do Direito, que atuam sob o signo da cooperação”, disse.

Ainda segundo ele, o desenvolvimento sustentável deve ser necessariamente compartilhado. “É ilusão acreditar que possa haver desenvolvimento para uns e não para outros. É um equívoco pensar que seja viável, no longo prazo, este mundo em que ilhas de prosperidade e bem-estar convivem com a exclusão da maioria”, afirmou Michel Temer. 

Leia também: 'Doria compreende como ninguém os problemas do País', diz Temer

* Com informações da Agência Brasil e do Portal do Planalto.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários