Tamanho do texto

Servidora Leandra Brito, pivô de polêmica envolvendo o filho do presidente, será assessora do gabinete de Temer; ela não foi exonerada do cargo antigo

Michel Temer, acompanhado pela mulher, Marcela Temer, busca o filho Michelzinho na escola, no Lago Sul, em Brasília
José Cruz/Agência Brasil - 26.7.16
Michel Temer, acompanhado pela mulher, Marcela Temer, busca o filho Michelzinho na escola, no Lago Sul, em Brasília

O presidente Michel Temer decidiu nomear Leandra Barbosa dos Santos Brito, pivô de polêmica surgida há duas semanas ao ser apontada como babá do filho do presidente, Michelzinho , para um novo cargo no Palácio do Planalto.

A servidora, que trabalhava com a família de Temer desde os tempos de vice-presidência e conta com a "afeição" de Michelzinho, segundo as palavras do próprio presidente, agora exercerá o cargo de assessora técnica no Gabinete Pessoal do presidente da República. A nomeação de Leandra para a nova função foi publicada na edição desta quinta-feira (25) do Diário Oficial da União.

O governo, no entanto, até o momento não exonerou a servidora de sua atual função no Planalto. Ela é empregada como assessora do Gabinete de Informação em Apoio à Decisão.

Temer já havia explicado, em entrevista concedida a rádios regionais no último dia 15, que Leandra Brito foi contratada quando ele ainda era o vice-presidente e que sua situação contratual estava sendo adequada agora que seus serviços são prestados no Palácio do Planalto.

"Existe uma senhora que cuida da casa, etc., e foi contratada pelo Palácio. Contratada pelo Palácio, como é a estrutura do Palácio da Alvorada , do Palácio do Jaburu e são formatados, são formalizados pelo Palácio", tentou explicar o presidente, sem muita clareza.

"Você sabe que eu saí de vice, portanto, de uma estrutura de vice para a estrutura da Presidência. E aqui está havendo adequações. Então, estão vendo, por exemplo, o fato dela ser contratada por um órgão, um organismo interno, se pode ou não prestar serviços lá. Se não puder prestar serviços, evidentemente, que haverá uma reformulação. Mas não é babá do meu filho coisa nenhuma", reforçou o presidente.

Leia também: Após governo 'reprimir' memes, PT libera estoque de fotos para piadas com Temer

"Ele ficaria ofendido"

Ao explicar a situação da funcionária, Temer também demonstrou irritação com as notícias de que Leandra Brito fosse a babá de seu filho. A informação foi inicialmente publicada pelo jornalista Lauro Jardim, do jornal O Globo.

"Eu considero até  ofensiva ao meu filho porque ele tem oito anos e não precisa de babá, não. Ele precisou de babá até três, quatro anos de idade. Não existe babá coisa nenhuma", esbravejou o presidente. "Não vou deixar ele ficar sabendo disso porque ele vai ficar ofendido."

Leandra, segundo o colunista do jornal O Globo, acompanha o presidente e sua família até mesmo em viagens a lazer, como em datas festivas, e é apontada como alguém a quem Michelzinho, filho de Temer com sua esposa, Marcela, é "afeiçoado".

Leia também: Temer revoga decreto que autorizou a presença das Forças Armadas em Brasília

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.