Tamanho do texto

Atos a favor do petista e 'tuitaço' defendendo juiz da Lava Jato movimentam as redes sociais e a capital paranaense; time pró-Lula tem reforço de Dilma

Apoiadores do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva realizam atos a favor do petista nesta quarta-feira (10) em Curitiba. As manifestações começaram horas antes da audiência entre Lula e o juiz federal Sérgio Moro  na capital paranaense, que teve início por volta das 14h. O ex-presidente pretendia adiar o depoimento, mas teve recurso negado pela manhã  pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Manifestantes pró-Lula fizeram passeata na manhã desta quarta-feira na capital do Paraná
Ricardo Stuckert - 10.5.17
Manifestantes pró-Lula fizeram passeata na manhã desta quarta-feira na capital do Paraná

Pela manhã, centenas de manifestantes realizaram passeata até a Praça Santos Andrade, no centro de Curitiba, em apoio a Lula . Os atos são organizados pelo próprio Partido dos Trabalhadores (PT), pela Frente Brasil Popular, Central Única dos Trabalhadores (CUT), Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST), entre outros.

Os grupos enviaram vários ônibus para a capital paranaense, onde os manifestantes ficaram acampados desde o início da semana. O acampamento, batizado de 'Acampamento pela Democracia' foi alvo de um ataque com rojões durante a madrugada desta quarta-feira (10) e deixou dois feridos, que foram atendidos no hospital Universitário, conforme informações do próprio PT.

Leia também: Juiz da Lava Jato em Brasília ordena suspensão das atividades do Instituto Lula

Dilma, lideranças da esquerda e parlamentares do PT receberam Lula no aeroporto de Curitiba
Twitter - @jose_mentor
Dilma, lideranças da esquerda e parlamentares do PT receberam Lula no aeroporto de Curitiba

O ex-presidente Lula já está prestando depoimento na sede da Justiça Federal. Ele está acompanhado por uma comitiva que conta com a presença de Dilma Rousseff e do presidente nacional do Partido dos Trabalhadores, Rui Falcão. Parlamentares do PT como Gleisi Hoffmann (RS), Maria do Rosário (RS), Lindbergh Farias (RJ) também integram o grupo.

Dilma Rousseff posa com cartaz em apoio a Lula
Twitter/@dilmabr
Dilma Rousseff posa com cartaz em apoio a Lula

Por outro lado, os grupos que defendem a prisão do ex-presidente também têm atos agendados para ocorrer durante o depoimento ao juiz Moro. Os grupos Movimento Brasil livre (MBL), Vem pra Rua e Nas Ruas organizaram vigílias em várias cidades do País.

Na noite desta terça-feira (9), manifestantes acenderam velas em defesa da Operação Lava Jato em frente à sede do Supremo Tribunal Federal (STF) em Brasília.

Por conta dos protestos e manifestações, a sede da Justiça Federal em Curitiba está sob forte esquema de segurança nesta quarta-feira . O prédio onde Lula depõe hoje está cercado por centenas de policiais e grades de segurança. 

Durante o fim de semana, o juiz Moro chegou a divulgar um vídeo nas redes sociais  pedindo para que não houvesse manifestações durante a audiência com o petista, pois se tratava apenas de uma etapa processual, e não um evento político-partidário.

Tuitaço

Manifestantes pró-Lava Jato levaram bonecos infláveis e velas à sede do STF em Brasília
Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil - 9.5.17
Manifestantes pró-Lava Jato levaram bonecos infláveis e velas à sede do STF em Brasília

As redes sociais têm sido o maior palco dos embates entre os partidários de Lula e Moro até o momento. Enquanto os defensores do ex-presidente tentam subir a hashtag #LulaEuConfio no Twitter, desde o início da manhã o assunto mais comentado na rede social é a tag #MoroOrgulhoBrasileiro.

Entre críticas e trocas de farpas entre os dois grupos, há espaço também para piadas envolvendo a audiência do ex-presidente. Confira algumas delas abaixo: 






    Leia tudo sobre: Lula
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.