Investigações comprovaram que os abusos eram frequentes
Pixabay
Investigações comprovaram que os abusos eram frequentes

Um homem de 46 anos foi preso nesta segunda-feira (1º) por policiais da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) de Niterói, acusado de estupro de vulnerável. As vítimas eram os próprios filhos dele, de três e sete anos. Os agentes apreenderam, durante as diligências, duas cartas escritas por uma das crianças, com um desesperado pedido de socorro, além de relato dos abusos.

Os policiais encontraram também uma bolsa contendo preservativos, remédios para disfunção erétil e lubrificantes íntimos, que seriam do acusado. As investigações comprovaram que os abusos eram frequentes. De acordo com a investigação, o homem coagia as crianças a não relatarem os abusos sofridos, sob ameaças de matar a mãe e a avó delas.

Testemunhas e vítimas relataram que o homem se aproveitava da ausência da mãe de seus filhos para abusar sexualmente das crianças. A mãe flagrou um desses atos de violência e procurou a delegacia, onde formalizou a denúncia.

O acusado foi capturado em uma plataforma petrolífera na Bacia de Santos, em São Paulo. Segundo a Polícia, a prisão foi  possível graças ao trabalho de inteligência e integração com as empresas que operam a base petrolífera. Contra o acusado foi cumprido um mandado de prisão temporária.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o perfil geral do Portal iG .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários