Mulher denuncia coronel aposentado da PM do DF após ser agredida por 40 anos
Reprodução/Pixabay - 23.02.2022
Mulher denuncia coronel aposentado da PM do DF após ser agredida por 40 anos

Uma mulher de 60 anos procurou a 38ª DP (Vicente Pires) no último domingo para denunciar uma rotina de agressões e abusos cometidos contra pela pelo marido, um coronel aposentado da Polícia Militar do Distrito Federal, de 76, que estaria sofrendo de problemas mentais.

Casada há quatro décadas, ela contou aos agentes que durante todos esses anos foi espancada, humilhada e proibida de trabalhar — até mesmo quando estava grávida de um dos dois filhos que teve. De acordo com a vítima, o marido está sempre armado e recentemente disse que antes de morrer de velhice, a mataria. As informações são do portal Metrópoles.

Depois dessa última ameaça, a mulher se abrigou na casa de um dos filhos. Como o marido seguia com as ameaças, ela foi aconselhada por parentes a se esconder. A vítima, então, procurou a polícia, A Justiça já concedeu medidas protetivas a ela e determinou a apreensão da arma do coronel aposentado.

Em sua decisão, assinada na última segunda-feira, de acordo com o Metrópoles, o juiz Carlos Bismarck de Azevedo Barbosa, destacou a condição de vulnerabilidade em que a mulher vivia e que o fato de o autor das agressões ser um PM reformado tornava a situação mais grave: "A palavra da vítima tem grande relevância nesse momento processual, pelo que a informação por ela trazida no sentido de que tem sido vítima de violência doméstica ao longo dos anos, que seu esposo é militar reformado e atualmente sofre de demência, demonstra a necessidade de se conceder medidas para a sua proteção".

Em nota, a Polícia Civil do DF informou que "para garantir os direitos constitucionais e legais de proteção à intimidade e à imagem da mulher agredida, não fazemos a divulgação de informações referentes a casos de violência doméstico-familiar contra a mulher. O caso está sendo investigado e o resultado das diligências será encaminhado ao Poder Judiciário para a efetiva responsabilização do autor".

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários