Corpo de bombeiros encontrou o corpo dentro de um bueiro, no Parque Gatumé, na QR 427 de Samambaia
Reprodução/Corpo de Bombeiros
Corpo de bombeiros encontrou o corpo dentro de um bueiro, no Parque Gatumé, na QR 427 de Samambaia

O corpo de Kinssiger Lopes Cabral, 44, foi encontrado dentro de um bueiro no Parque Gatumé, em Samambaia, no Distrito Federal (DF), na última quarta-feira, 19. O suspeito do crime era amigo dele e foi preso pela polícia numa operação intitulada "Nefasto".

Segundo a polícia, a vítima morava na mesma casa que o suspeito e a esposa dele. As investigações apontam que os homens tiveram um desentendimento doméstico, que não foi especificado, e que Kinssiger foi esquartejado dentro de casa pelo amigo. Em seguida, a vítima teve parte do corpo queimado e foi jogado em um bueiro.

O delegado Rodrigo Carbone, da 26ª Delegacia de Polícia, informou que várias manchas de sangue foram encontradas na casa. "O autor narra a execução com frieza assustadora e diz que utilizou um facão para esquartejar a vítima", afirma Carbone. Ainda de acordo com a polícia, o suspeito e a esposa foram comemorar em um hotel após a morte da vítima.

Os policiais apreenderam a faca usada no crime e um carro de mão no qual o corpo foi levado para ser jogado no bueiro. O suspeito foi autuado por homicídio qualificado, ocultação de cadáver e fraude processual. A esposa dele deve responder por ocultação de cadáver e fraude processual.

- Com informações do G1.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários