Gael de Freitas Nunes, de 3 anos, foi encontrado pela tia-avó já desacordado na cozinha do apartamento
Reprodução/Redes sociais
Gael de Freitas Nunes, de 3 anos, foi encontrado pela tia-avó já desacordado na cozinha do apartamento



O pai do menino Gael, Felipe Félix Nunes contou que planejava viajar com o filho para apresentar a ele o município de Prata, na Paraíba. O  garoto de 3 anos morreu na última segunda-feira, 10, após ser encontrado com marcas de espancamento no apartamento onde morava com a irmã, a mãe e uma tia-avó na Bela Vista, centro de São Paulo.

Felipe Félix falou sobre sua vontade em entrevista concedida à TV Paraíba durante o velório do filho na cidade de Prata. O enterro aconteceu em seguida, às 9h30, no cemitério Jardim Saudade.

"Já tinha feito planos para trazer ele em janeiro e, infelizmente, eu trouxe meu filho de outro jeito. Queria trazer ele para cá do jeito que ele era: amoroso e feliz, para conhecer o meu povo", disse. A maior parte da família do pai do menino vivem na região e, por isso, ele desejava levar o filho para conhecer o lugar e os familiares.

O corpo de Gael começou a ser velado às 22h da última quarta-feira, 12, na casa da avó paterna. Inicialmente, seria realizado na quadra da Escola Cidadã Integral Francisco de Assis Gonzaga, mas uma recomendação do Ministério Público da Paraíba (MPPB) provocou a alteração do local. Apenas familiares e amigos próximos puderam participar do velório, em função da pandemia da Covid-19.

mãe da criança foi detida na manhã da última terça-feira, 11, após prestar depoimento durante toda a madrugada. Ela foi apontada como responsável pela morte da criança. A tia-avó de Gael disse que a mulher já foi internada algumas vezes, mas não foi afirmou se por surtos psicóticos.

Com informações do G1.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários