Calçada suja de sangue
Reprodução/Metrópoles
O agressor deu dois golpes com a barra de ferro na cabeça do cachorro e foi embora.

Um homem , morador de um condomínio em Arniqueira, no Distrito Fedral, é investigado pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) depois de ser filmado agredindo um cachorro com uma barra de ferro . O caso ocorreu na noite do último domingo (27/12) e Bolt, como era chamado o animal, acabou morrendo poucas horas depois da agressão.

O dono do cão, que não quis se identificar, informou ao Metrópoles que o portão da casa dele está com defeito e os três cachorros da casa aprenderam a sair sozinhos dos limites da residência e andar pelo condomínio.

“O Bolt é o mais hiperativo deles e fica querendo sair. Às vezes, quando estão todos fora, os animais acabam saindo e andando pela nossa rua”, diz.

Na noite da agressão, a família estava fora e o vira-lata saiu do portão ao ver um vizinho passando com a esposa e o filho. “Ele normalmente late, mas nunca avança em ninguém. No vídeo dá para ver que ele fazia um movimento de voltar para dentro da casa antes de ser acertado”, explica o dono.

Apesar disso, o agressor não hesitou em acertar a cabeça do cachorro. Ele deu dois golpes com a barra de ferro e foi embora.

Cerca de três horas depois, uma moradora da casa chegou e viu o estado do animal. Ele foi levado imediatamente ao veterinário, mas não resistiu aos ferimentos. “Ele estava com hemorragia na cabeça, traumatismo craniano e perfuração no pulmão. O médico disse que não poderia tentar reanimá-lo”, contou o dono ao site Metrópoles .

Pela madrugada, a família foi à delegacia e registrou a ocorrência, que é investigada como maus-tratos a animal. O responsável pela morte do cachorro ainda não foi localizado.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários