Fachada da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher
Divulgação/PCDF
Delegacia Especial de Atendimento à Mulher II, no Distrito Federal.

Na madrugada desta sexta-feira (11), uma mulher de 34 anos foi assassinada a facadas na região de Ceilândia, no Distrito Federal. O crime ocorreu na casa do suspeito, um homem de 35 anos, que foi preso em flagrante pela Polícia Militar. Segundo os vizinhos, vários gritos pedindo por ajuda foram ouvidos, por isso ligaram para as autoridades.

De acordo com as informações recebidas até agora, o suposto autor do crime estava em surto e desferiu diversos golpes contra a mulher, identificada como Maria Jaqueline de Souza. O nome do suspeito ainda não foi divulgado. 

A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) relata ter encontrado o suspeito no local, que ainda esfaqueava a vítima e estava coberto de sangue. Segundo as testemunhas, ele dizia frases sem sentido e repetia o nome de Deus. De acordo com informações, o homem e a mulher tinham iniciado um relacionamento há pouco tempo. 

O autor do crime tentou atingir os policiais com golpes, que precisaram fazer uso progressivo da força para controlá-lo. foi relatado que os militares teriam efetuado dois disparos de arma de fogo para conter o acusado, que foi levado ao Hospital Regional de Ceilândia (HRC) e, por isso, ainda não foi ouvido formalmente. A Delegacia de Atendimento à Mulher de Ceilândia (Deam II) iniciou a investigação do caso. 

No local do crime, os policiais militares encontraram droga durante a vistoria da casa e há suspeita de que seja cocaína.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários