Um empresário de 60 anos foi preso na cidade de Cachoeirinha, no Rio Grande do Sul, por suspeita de estuprar uma menina de dois anos dentro da creche da qual ele era dono na cidade.

O caso chegou à polícia no mês de janeiro, quando a mãe da menina levou a criança até um posto de saúde após perceber ferimentos no órgão genital dela. No local, a polícia foi acionada. Segundo boletim de ocorrência, quando questionada sobre quem a machucou, a menina teria dito que foi “o titio da creche”.

Leia também

O estupro foi confirmado por perícia médica. O homem de 60 anos está preso de forma preventiva para preservar a integridade de outras crianças da creche. Ele tem na ficha criminal outra condenação por estupro, frequentava e interagia com as crianças mesmo sem dar aula no local.

Não há informações sobre outros casos suspeitos de estupros no local. O dono da creche está à disposição da Justiça e deve responder por estupro de vulnerável.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários