vulto de adulto e criança
Elza Fiuza/Agência Brasil
Imagem ilustrativa

Um menino de sete anos morreu nesta quinta-feira (23) após dar entrada na Unidade de Tratamento Intensivo do Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira, em Goiânia, com sinais de espancamentos sofridos dentro da própria casa. A avó dele é suspeita de cometer o crime.

Segundo a polícia, o Conselho Tutelar da cidade de Aparecida de Goiânia foi acionado após a mãe do garoto o levar para o hospital com sinais de agressão. A mulher chegou a ser presa, mas apontou a mãe dela como causadora das agressões após uma “malcriação”. A avó, de 42 anos, prestou depoimento à polícia e confessou o crime.

Leia também: Homem com HIV é preso por suspeita de estuprar bebê de 1 ano

Duas outras crianças que viviam na mesma casa em que o menino foi espancado foram levadas para cuidados de outros parentes. A avó do menino foi indiciada por homicídio. Um inquérito foi aberto e outras pessoas devem ser escutadas para análise de comportamentos agressivos na família.

    Veja Também

      Mostrar mais