abuso sexual
Reprodução
Abusos aconteciam na casa do pai e da mãe quando o padrasto ficava sozinho com a criança

Um homem de 63 anos foi flagrado abusando da enteada, de 7 anos, na casa do pai da criança. O crime aconteceu no Bairro Jardim Industriário 2, em Cuiabá, nesta segunda-feira (24) e o suspeito fugiu do local. 

Leia mais: Motim no Ceará chega ao 10º dia; veja o que se sabe até agora sobre a crise 

O pai da menina disse à polícia que a criança ficava sob os cuidados na mãe, na residência em que o padrasto também morava. No dia do flagrante , a criança foi entregue pelo pai ao padrasto para que a menina fosse levada até a mãe.

O pai da criança seguiu para levar a atual esposa ao trabalho e, ao retornar para  casa, viu o carro do idoso estacionado e o filho dele com o celular do suspeito nas mãos.

Ao perceber a chegada do pai da criança, o padrasto disse que voltou para pegar um prendedor de cabelo para a menina. A criança, no entanto, correu para o carro assustada. O pai da menina indagou o suspeito sobre a desculpa dada para retornar à casa, porque a criança estava com dois prendedores de cabelo, sem a necessidade de outro. O idoso teria mudado de assunto.

Em busca de respostas, o pai perguntou a menina o que aconteceu e ela disse que foi abusada pelo padrasto. A menina disse que há pelo menos dois anos o padrasto a abusava. O suspeito fugiu em seguida.

A criança contou que o suspeito entregava o celular dele ao irmão para distraí-lo enquanto ele cometia o crime, segundo informações do G1 Mato Grosso. Os abusos teriam ocorrido quatro vezes na casa do pai da vítima e outras na casa da mãe. 

Leia também: Professor é condenado à prisão por pendurar aluno de 5 anos pelo pescoço

O comportamento da criança tinha levantado suspeitas do pai há algum tempo, mas a criança negava que sofria abusos , segundo o pai. A Polícia Civil está investigando o caso e até o momento, o suspeito não foi localizado.

    Veja Também

      Mostrar mais