agredida feminicídio
Agência Brasil
Filho salvou mãe das agressões, em Guajará-Mirim, Rondônia

Uma mulher foi salva pelo filho das agressões do ex-companheiro. A vítima não quis reatar a relação e por isso levou facadas na altura do peito. Para que ela não gritasse por socorro, o suspeito a enforcou. O crime aconteceu em uma residência localizada em Guajará-Mirim, em Rondônia, nesta quarta-feira (26).

A polícia foi acionada por uma testemunha para ir até a residência, que fica localizada na Avenida Madeira Mamoré. O denunciante disse que um homem de 44 anos invadiu a residência da ex-mulher e a acordou para conversar. A intenção dele seria reatar o relacionamento, mas a vítima disse não.

Leia mais: "Se houvesse uma bomba H no Congresso, acha que o povo choraria?", diz Eduardo

As agressões começaram após a resposta da ex-companheira . Um canivete foi usado para execução do crime. O filho da vítima conseguiu ouvir os gritos da mãe e foi socorrê-la.

O suspeito conseguiu fugir da casa, mas deixou o canivete cair. A mulher foi socorrida e levada ao Hospital Regional Perpétuo Socorro e ficou sob observação médica. O ferimento causado pelo ex-companheiro a deixou em estado grave.


No momento a polícia tua com buscas na região para localizar o suspeito. O canivete está sob a guarda da Delegacia de Polícia Civil. 


    Veja Também

      Mostrar mais