Policiais da 33ª DP (Realengo) prenderam sete suspeitos de praticarem furto de água e energia elétrica.
Divulgação/Polícia Civil
Policiais da 33ª DP (Realengo) prenderam sete suspeitos de praticarem furto de água e energia elétrica.

Policiais da 33ª DP (Realengo) prenderam em flagrante, nesta quarta-feira, sete suspeitos de praticarem furto de água e energia elétrica no bairro da Zona Oeste do Rio de Janeiro . De acordo o delegado Reginaldo Guilherme, titular da distrital, os investigados utilizavam ligações clandestinas nas redes de água e energia para o funcionamento de pontos de lava jatos.

Leia também: Em Davos, Huck diz que protestos na América Latina são fruto de desigualdade 

A operação policial foi feita após diversas denúncias de que o canteiro central das pistas da Rua Nilópolis, próximo ao Hospital Municipal Albert Schweitzer e as calçadas estavam sendo utilizados para esses lava jatos.

"O passeio público estava sendo utilizado por vários indivíduos que no local instalaram vários pontos de lava jatos, onde eram utilizados 'gatos'; ou seja, ligações clandestinas, nas redes de água e luz para o funcionamento dos mesmos, o que também acarretava grande transtorno aos pedestres e moradores da localidade", destaca Reginaldo.

Ainda segundo o delegado , uma perícia criminal confirmou a ligação direta na rede de água e luz, sem a marcação por medidor próprio. No local, 20 pessoas foram encaminhadas para a delegacia e sete ficaram presas, sendo autuados em flagrante pela prática.

Também foram apreendidos bombas d'água e aspiradores de pó.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários