homem segurando faca
Reprodução
Imagem ilustrativa

Um jovem de 19 anos foi ouvido pela Polícia Civil do Mato Grosso do Sul após matar e queimar o corpo da própria mãe, de 42 anos, dentro de casa, na cidade de Dourados.

Segundo a polícia, Paulinho Cabreira estava bebendo com a mãe e com o namorado dela na casa do homem. O padrasto foi dormir e se deparou com o corpo da mulher em chamas após acordar.

Marina Cabreira, mãe de Paulinho, tinha marcas de facadas no corpo. O suspeito chegou a prestar depoimento para a polícia, mas colocou a culpa do crime no namorado da mãe. que foi preso e liberado em seguida.

Leia também: Mulher esfaqueia e mata a própria mãe durante briga com irmão

A polícia realizou diligências e descobriu um passado de violência do filho em relação à mãe . Segundo testemunhas, ele já teria agredido e tentado cometer estupros contra a mulher.

Em um segundo depoimento, Paulinho confessou o crime e disse que esfaqueou Marina porque pediu R$ 10 quando a bebida que eles consumiam acabou e ela se negou a dar o dinheiro. Ele foi indiciado por homicídio qualificado, mas não foi preso após confessar o crime, já que tinha se livrado do flagrante.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários