Tamanho do texto

Garota de 19 anos denunciou que pai a estuprava desde os 15 e mãe sabia de crimes, mas não fez nada para defendê-la. Caso foi registrado no Maranhão

homem e mulher sérios diante de logomarca da polícia do maranhão arrow-options
Polícia Civil do Maranhão
Casal foi preso após denúncia em carta da filha

A Polícia Civil do Maranhão perdeu um casal na cidade de Governador Newton Bello, no interior do estado, após a filha deles cometer suicídio. Érica Neves, de 19 anos, afirmou em carta de despedida que o motivo para tirar a própria vida foi o constante abuso sexual sofrido por ela dentro de casa.

Nos relatos, Érica afirmava que sofria abusos sexuais desde os 15 anos de idade. Ela disse, ainda, que tinha contado para a mãe do crime, mas que a mulher não fez nada.

Leia também: Homem é preso após oferecer dinheiro a três crianças e estuprá-las em sua casa

menina de olhos claros arrow-options
Facebook
Érica denunciou ação dos pais em carta de suicídio

Após a denúncia, a polícia começou a investigar o caso e apreendeu os telefones de Érica, da mãe dela, Rosinete Lima Neves, de 40 anos, e do pai, Edmar Cavalcante Neves, de 46 anos. A troca de mensagens foi comprovada por perícia e o mandado de prisão dos dois foi executado.

Os dois foram presos pelo crime de estupro e foram encaminhados para presídios, onde aguardarão julgamento.