Tamanho do texto

Homem de 56 anos é acusado de abusar sexualmente de oito crianças, entre 7 e 15 anos; se condenado, ele pode pegar até 20 anos de prisão

Técnico de escolinha de futebol é indiciado por estupro de alunos em BH arrow-options
Shutterstock / Reprodução
Técnico de escolinha de futebol é indiciado por estupro de alunos em BH

O técnico de uma escolinha de futebol de Belo Horizonte foi indiciado pela Polícia Civil, nesta segunda-feira, por abuso sexual de oito menores de idade. As vítimas têm entre 7 e 15 anos, sendo sete meninos, que eram alunos da escolinha, e uma menina.

Leia mais: Menino que gravou adeus para mãe antes de morrer já tinha sido vítima do pai

O acusado, que já estava preso desde agosto após a denúncia do pai de uma das vítimas, tem 56 anos e irá responder por assédio sexual , estupro de vulnerável e por exibir pornografia às crianças.

A escolinha , que serviu de palco para os crimes, está localizada na Pampulha . O acusado trabalhava no local há 20 anos. Segundo as investigações policiais, os abusos aconteciam quando as vítimas estavam sozinhas no vestiário ou em um chalé próximo ao campo de treinamento.

Ainda segundo as investigações, o homem, que confessou os crimes, oferecia dinheiro para as crianças, no intuito de que elas não contassem sobre os abusos . Se condenado, o acusado poderá cumprir pena de até 20 anos de prisão.