Canil da PM apreende 260 tijolos de maconha e traficante terá carnaval na cadeia

Com o faro apurado do cão Thor, os Policiais conseguiram achar um depósito de drogas durante incursão na Comunidade do Areião, zona oeste da capital

O carnaval está chegando e com ele o número de pessoas que vai curtir os dias de festa em São Paulo também aumenta. O Canil da PM é responsável por colocar ordem nas ruas da capital paulista e garantir que os criminosos não tirem proveito da folia para impulsionar o tráfico de drogas.

Leia também: "Quis salvar vidas", lembra herói do COE que saltou no edifício Joelma em chamas

Foto: Divulgação/Canil PM
Toda a droga apreendida pelo Canil da PM

Na manhã dessa quarta-feira (7), o Primeiro Pelotão do Canil da PM realizou uma operação para combater o tráfico de drogas em uma região onde os criminosos fazem um grande movimento de distribuição de entorpecentes. Como sempre, resultado fantástico.

"Todos os meses, o nosso Batalhão faz operações para combater o tráfico de drogas. Nós montamos uma ação na Comunidade do Areião porque nós já sabíamos que lá havia problemas com traficantes", revela o Sargento Ribeiro. A partir deste momento, 15 Policiais , cinco cães e cinco viaturas partiram em direção a zona oeste da capital paulista.

Foto: divulgação/canil da PM
Cão Thor do Canil da PM encontrou 262 tijolos de maconha em favela da zona oeste

Os PMs chegaram ao local indicado e realizaram um cerco da região. "Começamos a entrar na favela, nós fazemos uma manobra de patrulha onde o cão vai no meio dos Policiais farejando e procurando possíveis pontos de armazenamento de droga", diz o Sargento.

E não demorou muito para o cão Thor conduzido pelo Soldado Nickel apontar o "cofre" dos criminosos. "O cão estava no faro e mudou completamente o comportamento de uma hora para outra. Nesse momento percebemos que havia algo de errado ali. Ele sentou na porta de uma casa. Dentro dessa casa havia um homem. Com esse suspeito, nós encontramos dois tijolos de maconha, mas em um quarto ao lado, a equipe encontrou mas 260 tijolos da mesma droga. Foi uma grande ação. Esse homem era o segurança do tráfico", aponta o Sargento Ribeiro.

Toda droga apreendida (237 kg aproximadamente) foi conduzida para o 93º Distrito Policial. O suspeito que foi preso já tinha várias passagens e agora vai passar o carnaval na prisão e responderá pelo crime de tráfico de drogas.

Você sabe quantos cães trabalham na Polícia Militar? 

Foto: Divulgação/Canil PM
Suspeito foi encaminhado para o 93º Distrito Policial

O estado de São Paulo possui 25 Canis. No Central, são 37 cães na ativa, mas no total são cerca de 300. Além de servir de base operacional para as missões na cidade de São Paulo, o Canil Central é onde acontecem todos os cursos de especialização, atualização e reciclagem dos Policiais de todos os canis do estado. É também onde fica o centro veterinário. 

Leia também: Canil da PM evita fuga de criminoso e apreende drogas na zona norte de SP

Quais são as raças de cães que a PM usa? 

São seis raças: Pastor Alemão, Pastor Holandês, Pastor Belga Malinois, Rottweiler, Bloodhound e Labrador. As missões de cada raça são divididas de acordo com suas habilidades específicas, como: faro, resistência, inteligência, agressividade, etc...

Um Labrador, por exemplo, não é indicado para fazer policiamento ostensivo, porque geralmente não possui a agressividade necessária. Normalmente, o Labrador é usado para farejar entorpecentes e explosivos. Já o Pastor Belga Malinois é utilizado pelo Canil da PM para policiamento e também faro. O Bloodhound tem aptidão para busca de pessoas.  

Link deste artigo: https://ultimosegundo.ig.com.br/policia/2018-02-08/canil-da-pm.html