Um juiz ficou do lado de um homem que processou seus pais depois que eles se desfizeram de sua coleção de pornografia
MLive
Um juiz ficou do lado de um homem que processou seus pais depois que eles se desfizeram de sua coleção de pornografia


Um casal de Grand Haven, nos EUA, terá que pagar uma indenização por ter se livrado da coleção de pornografia de seu filho. David Werking, 42, processou seus pais, Beth e Paul Werking, depois que eles jogaram fora o que o juiz chamou de "um tesouro de pornografia e uma série de brinquedos sexuais".

O magistrado, Paul Maloney, atendeu ao pedido do filho de julgamento sumário em seu favor . A parte prejudicada, o filho, tem até meados de fevereiro para apresentar pedido de indenização por escrito.

A advogada dos pais, Anne Marie VanderBroek, disse que está trabalhando para estabelecer o valor dos itens que foram descartados, mas não quis comentar sobre o caso. O filho afirma que os danos estão em torno de  R$ 125 mil .


Seu advogado, Miles Greengard, afirma que seu cliente deve receber o triplo da indenização , o que é permitido por lei. "Pedimos ao Tribunal por danos triplicados, que acreditamos serem garantidos, dada a destruição gratuita da propriedade."

David Werking disse estar  satisfeito com a decisão do juiz. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários