cobra descendo pela janela do lado de fora da casa
Reprodução/ABC Sydney

A família descobriu que cobra vivia há 1 ano no teto de casa

Em Wyoming, na Austrália , uma família descobriu que uma cobra píton vivia escondida no teto de sua casa há um ano. Durante esse período, os moradores da residência escutavam barulhos estranhos, mas não sabiam de onde vinham, até que o animal finalmente foi visto. As informações são do site britânico  Daily Mail .

Nas imagens gravadas pela própria família, a cobra de três metros aparece deslizando para fora do telhado e descendo pela janela da casa. O vídeo foi compartilhado em um grupo do Facebook pela mãe da família e chamou a atenção das pessoas.

Segundo o portal, a mãe da família, Peta Norton, disse que o marido dela costumava brincar que os barulhos vindos do telhado eram de uma cobra. Para a surpresa de todos, realmente tratava-se de uma. "Suspeitamos que uma píton poderia ter entrado em nosso telhado e esta noite nossas suspeitas foram confirmadas", escreveu a mãe de família em rede social.

Norton ainda registrou na publicação que espera que o animal tenha "encontrado seu caminho", já que existe uma área de vida selvagem do outro lado de uma estrada, próximo à residência da família.


Ainda de acordo com o portal, as obras Python não são venenosas, mas a mordida desses animais é tão forte e dolorosa que pode matar as presas, moendo seus ossos. Além disso, esses répteis costumam ser bem compridos. A píton-real é o maior de todos, alcançando até 10 metros de comprimento.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários