a
PIERRE OBENDRAUF/Montreal Gazette
Manifestantes em manifestação anti-máscara no dia 30 de setembro


Cinco manifestantes foram multados em R$ 2.200 cada por não usarem máscara nas ruas de Montreal, no Canadá. Até então, nada novo sob o sol nos últimos seis meses. Mas o curioso é que a punição aconteceu durante um protesto antimáscara , realizado na tarde de sábado (03).


O evento, organizado por um grupo que se autodenomina "Coordenação de Ações", foi divulgado no Facebook. Apenas 20 compareceram, a maioria usando algum tipo de máscara, embora incluíssem fantasias  de plástico do tipo Halloween, em oposição ao tecido usual ou máscara cirúrgica prescrita pelas autoridades de saúde.

Os manifestantes foram acompanhados por mais de 20 policiais de Montreal, que calmamente tentaram explicar a nova lei de Quebec, promulgada nesta semana, que obriga o uso de máscaras durante protestos ou manifestações, e distanciamento social de dois metros. O não cumprimento acarreta a uma multa de R$ 5 mil .

Depois de alguns minutos, o grupo protestante se dissipou e os policiais pararam os retardatários que tentavam seguir atrás. Cinco deles foram multados por não usarem máscaras .

    Veja Também

      Mostrar mais