Operação exaustiva durou três horas e meia
Reprodução
Operação exaustiva durou três horas e meia


Médicos removeram, com sucesso, o que se acredita ser o maior tumor ovariano do mundo , pesando impressionantes 50 kg , do corpo de uma mulher. A paciente - de 52 anos e que pediu anonimato - queixou-se do aumento de peso, sem saber  o motivo por trás do fenômeno. 


Quando ela foi capaz de se submeter a uma operação exaustiva para removê-lo - o que levou três horas e meia - o tumor havia crescido e chegado a 4 5% do seu peso corporal . O médico Arun Prasad, que conduziu a cirurgia no Indraprastha Apollo Hospital em Delhi, Índia, disse que ficou "em estado de choque " com a situação. 

Ele declarou que nunca tinha visto um caso como esse em seus 30 anos de carreira. "Nunca testemunhei nada parecido com isso antes durante a minha profissão - em mais de três décadas de experiência. Devemos considerar um milagre que a paciente esteja se recuperando bem depois de ser operada por mais de 180 minutos", disse ele. 

Você viu?

No momento da internação, a mulher estava com 106 kg, sendo quase metade desse peso responsável pelo enorme tumor benigno - o que poderia ter feito seu ovário explodir se não fosse retirado. 

Tudo começou quando ela queixou-se de não conseguir andar devido ao inchaço dos pés. Ela também começou a sofrer de anemia severa , que fez sua hemoglobina cair - o que se revelou um grande desafio para a equipe de cirurgiões durante a operação. A mulher teve que passar por uma transfusão de sangue antes que os médicos pudessem operar. 

"Ela tem sorte que os órgãos não falharam. Caso contrário, poderia ter sido fatal . Vejo como uma conquista incrível a forma como a operação foi realizada. Não havia espaço para erros. A equipe fez esforços louváveis , para dizer o mínimo", disse o médico.

Segundo ele, a mulher teve alta apenas um dia após a cirurgia, no que ele classificou como um "milagre".


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários