doença
The New England Journal of Medicine
Doença é causada pelo consumo de produtos contaminados pelo fungo esporão-do-centeio


Uma indiana, de 24 anos, teve uma reação rara dentro de seu corpo após tomar medicamento para enxaqueca. Ela passou sentir queimação nas pernas, desde a coxa até os dedos dos pés: uma condição incomum, que apresentava numerosos surtos na Idade Média, conhecida como "Fogo de Santo Antônio". 


O nome oficial dessa enfermidade é ergositmo , uma intoxicação causada pelo consumo de produtos contaminados pelo fungo esporão-do-centeio. O curioso caso foi publicado em forma de pesquisa no periódico científico New England Journal of Medicine.

O estudo dizia que a "paciente, em terapia antirretroviral, apresentava dor intensa e ardente nas pernas após tomar ergolina para enxaqueca. A angiotomografia revelou estreitamento difuso e simétrico das artérias nas duas pernas,  equivalente ao ergotismo ", conforme relatado pelo Daily Star.

O ergotismo foi praticamente eliminado no século XIX, com a remoção frequente do fungo. Atualmente, é causado  por medicamentos que podem ter uma dose muito alta ou um longo período de tratamento de ergolina.

    Veja Também

      Mostrar mais