Cofundador da Microsoft, o empresário Bill Gates, de 64 anos, é mais recente alvo de teóricos de conspiração na internet. Segundo declarações compartilhadas na rede, Gates "criou a Covid-19 " e pretende "despovoar a Terra".

Leia também: SP chega a 4.688 mortes por Covid-19 e supera total da China

Bill Gates
Creative Commons
Bill Gates

" Bill Gates é tipo um boneco de vudu, no qual conspiracionistas de todos os tipos plantam suas teorias", disse Rory Smith, diretor de pesquisa da First Draft, uma rede de mídia que age contra a desinformação, à AFP .

Leia também: Laboratório diz ter descoberto anticorpo contra Covid-19 e vê ações subirem 170%

Todas as declarações atribuídas ao empresário - além de terem sido veementemente desmentidas - têm um ponto em comum: garantir que ele quer se aproveitar da pandemia do novo coronavírus (Sars-coV-2) em benefício próprio.

De acordo com a pesquisadora Kinga Polyńczuk-Alenius, da Universidade de Helsinque, o motivo de Gates ser o alvo das acusações tem a ver com oposição política. "Como ele criticou o governo Trump e é um magnata da tecnologia que se tornou filantropo e fervoroso promotor de vacinação, ele é o bode expiatório perfeito para esta crise". 

Em seguida, Smith completa: "Porém, é preocupante porque essas teorias podem reduzir a confiança das pessoas nas organizações de saúde e levar a números menores de vacinação".

Leia também: Covid-19: Mortes em São Paulo chegam a 2.586 e casos passam de 31 mil

Apesar de ter sido acusado de criar a Covid-19 , o empresário é a estrela dos complôs "há muito tempo", explica à AFP Sylvain Delouvée, pesquisador em psicologia social na Universidade francesa de Rennes. Segundo o mesmo, Bill Gates já foi acusado de estar por trás da epidemia de zika e de até ser uma criatura reptiliana.

    Veja Também

      Mostrar mais