Tamanho do texto

Depois de uma tarde de curtição, mulher decidiu subir no telhado, e ficou presa em espaço entre sua casa e a da vizinha durante seis horas; entenda

Depois de seis horas, bêbada que não conseguia se levantar e sair do local foi socorrida pela equipe de bombeiros
Reprodução/Metro.co.uk
Depois de seis horas, bêbada que não conseguia se levantar e sair do local foi socorrida pela equipe de bombeiros

“Bons copos de cerveja não te fazem invencível”. Isso foi o que alegou uma equipe de bombeiros após um resgate um tanto quanto inusitado nas Filipinas. De acordo com o jornal Metro , na última semana, os socorristas foram acionados para retirar uma mulher que estava bêbada e presa em um vão do lado de sua residência.

Leia também: Tailandês é preso ao espancar namorada e  transmitir tortura em live do Facebook

Testemunhas relataram que, depois de uma tarde de curtição com os amigos, a mulher – que não teve a identidade divulgada – decidiu subir no telhado da casa, sem nenhum motivo aparente. Segundo eles, ao subir nas telhas, a bêbada escorregou e caiu no pequeno espaço entre sua casa e a da vizinha, onde permaneceu entalada por seis horas.

A vizinhança explicou que, depois de horas ouvindo os gritos da mulher, que não conseguia se levantar para sair do local, todos decidiram chamar reforços, que também tiveram muito trabalho com a inquilina embriagada.  

“Ela estava muito embriagada e, de início, rejeitou receber ajuda da nossa equipe, mesmo gritando que precisava de auxílio por não conseguir se reerguer para sair do vão. No total, foram seis horas de resgate. Conseguimos tirá-la do buraco depois de destruirmos uma parte da parede. A levamos para o hospital, e ela está bem, sofreu apenas alguns arranhões”,  alegou um porta-voz da Bureau of Fire Protection .

Leia também: 'Trem de cocô' com 4,5 toneladas de fezes humanas é retirado de cidade nos EUA

Professora bêbada

E parece que, em ambientes mais formais e até mesmo restritivos, o consumo desenfreado de bebidas alcoólicas também acontece. Um exemplo disso ocorreu em março do ano passado, nos Estados Unidos, após uma  professora substituta ir dar aulas embriagada em um colégio na Carolina do Sul.

Judith Elizabeth Richards-Gartee, 52 anos, estava tão alterada que vomitou na sala de aula e foi retirada do local em uma cadeira de rodas. A instituição revelou que uma garrafa de vinho foi encontrada dentro da bolsa da professora, sendo talvez o principal motivo de ela não conseguir ficar em pé enquanto lecionava. 

Leia também: Mulher é presa após comprar R$ 350 em chocolates com cartão encontrado na rua

A administração da escola de ensino médio acionou a polícia e, depois dos procedimentos realizados na delegacia, a professora bêbada  acusada de conduta inapropriada foi encaminhada a um centro médico próximo ao local. Os alunos que estavam na aula ministrada por Richards-Gartee afirmaram terem visto a mulher beber durante todo o período da manhã.