Tamanho do texto

O juiz saiu da sala para considerar seu veredito quando a mulher começou a fazer sexo oral no homem que estava ao seu lado, apontado como o réu

As câmeras de segurança flagraram o casal fazendo sexo enquanto o juiz decidia o seu veredito sobre o caso
Reprodução/Mirror
As câmeras de segurança flagraram o casal fazendo sexo enquanto o juiz decidia o seu veredito sobre o caso


Uma mulher foi flagrada pelas câmeras de segurança de um tribunal fazendo sexo oral no réu de um caso que estava sendo julgado no momento do ato libidinoso. De acordo com o portal britânico Mirror , o caso aconteceu na cidade de Rostov-on-Don, na Rússia, a partir do momento em que o juiz se retirou da sala para considerar seu veredito.

Leia também: Motorista se esquece de puxar o freio de mão e carro cai dentro de piscina

Três testemunhas do caso em questão estavam presentes quando ela começou a fazer sexo oral no homem, e o ato continuou por alguns minutos até que um dos guardas do tribunal foi chamado para conter a atitude dos dois.

Não há informações se o homem em questão foi condenado pelo crime que cometeu e, inicialmente, era o motivo para a audiência . Os atos sexuais dentro do tribunal, porém, também configuram um crime, e por mais que não se saiba se o casal foi acusado, eles podem ter que pagar mais de R$ 4,5 mil de multa ou ficar até quatro meses na cadeia.

Caso de sexo na praia

O casal foi flagrado fazendo sexo em Dongtan Beach, e agora, pode ter que pagar quase R$ 500 em multas à polícia
Reprodução/Daily Star
O casal foi flagrado fazendo sexo em Dongtan Beach, e agora, pode ter que pagar quase R$ 500 em multas à polícia


Em outro caso envolvendo relações sexuais, um casal está sendo procurado pela polícia da Tailândia por ter transado na praia . De acordo com o portal  Mirror , o caso aconteceu em Dongtan Beach, Pattaya, após os turistas passarem a noite em uma festa. A identidade e a nacionalidade dos dois ainda são desconhecidas, mas o resort onde estavam hospedados acredita que sejam de origem ocidental.

Outros turistas que estavam passando pelo local viram os dois e reagiram à cena. Alguns fotografaram e gravaram os momentos, enquanto outros ficaram furiosos e começaram a gritar com o casal, pedindo para que parassem. Algum tempo depois, os dois infratores desapareceram na praia .

“Isso aconteceu em um local público, aonde muitos turistas vão para relaxar”, disse o policial Apichai Krobpetch, superintendente da delegacia de Pattaya, “Eu não sei de onde esses turistas vieram, mas nossos oficiais os estão procurando com o objetivo de proteger a reputação da área”.

Leia também: 'Cientista autodidata' voa em foguete caseiro para descobrir se a Terra é plana

Câmeras de segurança estão sendo analisadas para traçar o caminho feito pelos dois. Além disso, salva-vidas da região também foram entrevistados. Se encontrados, os ‘criminosos’ podem ter que pagar cerca de R$ 500 em multas e, se forem considerados culpados por fazer sexo em público, serão presos.