Tamanho do texto

Segundo tio de uma das alunas, o professor teria "desaparecido" das aulas depois de sua "vida dupla" ter sido revelada; supostamente, ele teria sido demitido do colégio, mas a escola não quis se pronunciar sobre o assunto

Depois de fotos e vídeos serem reveladas por alguns estudantes da escola britânica, o professor de matemática teria “desaparecido” das aulas
Reprodução
Depois de fotos e vídeos serem reveladas por alguns estudantes da escola britânica, o professor de matemática teria “desaparecido” das aulas

O intervalo entre aulas dos alunos da escola Peacehaven Community, em East Sussex, na Inglaterra, rendeu uma descoberta chocante: ao dar um Google no nome do professor de matemática Scott Sherwood, descobriram que ele mantinha uma ‘vida dupla’, já que também responde como Aaron Cage, nome de um ator pornô , estrela de filmes como “Espada Nua”, “Adeus do soldado” e “Amarrado bem apertado”.

Leia também: Professor é demitido por gravar e vazar vídeos de sexo com aluna adolescente

Segundo informações do The Sun, a ‘investigação’ dos alunos apontou que o professor de matemática atuou em diversos filmes pornográficos quando ainda vivia fora da Inglaterra. A lista de filmes ‘estrelados’ por ele conta com diversos nomes, todos vinculados ao estúdio Colt, cuja sede está em San Francisco, nos Estados Unidos. Sherwood é da cidade de Brisbane, na Austrália, onde trabalhou como personal trainer por 15 anos e também como professor de educação física em um colégio primário durante dois anos.

Depois de fotos e vídeos serem reveladas por alguns estudantes da escola britânica, o professor teria “desaparecido” das aulas. Algumas pessoas afirmam que ele teria sido desligado, outras dizem que Sherwood estaria “doente” e que, por isso, não pode dar aulas.

Choque e fúria

Um dos alunos comentou que, ao descobrir a verdade sobre a vida ‘paralela’ do mestre, ficou “com medo”. “Esse cara é meu professor de matemática, seu nome real é Scott Sherwood, estou chocado”, escreveu.

Leia também: Professor é investigado por enviar 'nude sensual' para ex-aluno adolescente

Ao The Sun , um tio de uma aluna comentou que ficou furioso quando soube do caso dentro do colégio da sobrinha. “Fui buscá-la na escola e ela, uma adolescente de apenas 14 anos, me disse que seu professor era um ator pornô. Claro, fiquei furioso, não pude nem acreditar no que estava ouvindo. Também fiquei sabendo que os alunos se reuniram no intervalo para assistir aos vídeos em um celular”, conta.

“Quando encontraram essas coisas sobre ele, reuniram uma multidão no pátio, que foi se tornando cada vez maior, então começaram a gritar até que um professor chegou para ver o que estava acontecendo, e eles mostraram”, completa o tio, que ainda afirma que a escola informou aos estudantes que Sherwood estaria se sentindo mal e, por isso, iria para casa.

Leia também: Professor de canto é proibido de exercer profissão após abuso a aluna de 14 anos

Ainda de acordo com o portal britânico, nenhum pai ou responsável pelos alunos foi informado sobre o destino do professor. "Mas ouvimos dizer que ele foi suspenso", completa o tio da aluna.

Nem a escola nem o conselho de East Sussex responderam quando perguntados se Sherwood havia sido suspenso. Já o professor de matemática – e ator pornô – disse que não iria fazer comentários sobre o assunto quando questionado sobre sua “vida dupla”.