Tamanho do texto

Conhecido na região, o pato acompanha seu dono em diversos estabelecimentos de Devon e foi liberado pelos policiais da blitz

Um cachorro, um pato de gravata e um idoso surpreenderam a polícia britânica na região de Devon
Reprodução/Twitter Sgt Harry Tangye
Um cachorro, um pato de gravata e um idoso surpreenderam a polícia britânica na região de Devon


Os policiais da região de Devon, no Reino Unido, ficaram confusos quando encontraram um “motorista” diferente durante uma blitz. Com uma gravata, um pato foi parado pelas autoridades no último sábado (12) e teve sua história compartilhada no Twitter de um dos oficiais.

Leia também: Patovia: associação cria faixa exclusiva para patos no Reino Unido

Chamado Star, o pato estava acompanhado de um cachorro, além de seu dono, o instrutor de mergulho Barrie Hayman, de 71 anos. Por mais estranho que possa parecer, os policiais reconheceram o animal de problemas passados: ele é conhecido por se meter, “bêbado”, em brigas com cães dentro de pubs da região.

Famoso na cidade de Chumleigh, o animal de estimação foi liberado e nenhuma queixa foi prestada. Ele só teve de exibir sua gravata e posar para uma foto antes de seguir seu caminho.

No Twitter, o policial Harry Tangye publicou a imagem com a legenda “policial para carro com ave, cachorro e idoso dentro. É isso. Realmente aconteceu. De verdade”.

Leia também: Esquilo coloca fogo em fábrica de queijo e causa enorme prejuízo no Canadá

Confusões alcoólicas 

Essa não foi a primeira vez que os policiais cruzaram o caminho de Star. Em outubro de 2015, uma briga entre a ave , conhecida por beber muita cerveja, e Meggie, a cadela de Hayman, ganhou os principais noticiários da Inglaterra.

Por causa dos golpes, o animal teve que ser encaminhado ao veterinário e assustou seus donos – Barrie Hayman e Sue, sua esposa – que temeram perder o animal, considerado parte da família desde 2011.

Depois de algumas horas de estresse, tudo acabou bem: o pato se recuperou e, vejamos, voltou a "aprontar" quando decidiu dirigir o carro de seu dono. "Ele não sai de perto de mim e nós vamos a todos os lugares juntos. Ele nunca foi adestrado e ensinado a fazer isso, ele só parece gostar de andar comigo. Ele é um animal  fantástico ", Hayman declarou ao site britânico "Somerset News" ainda em 2015.

Leia também: "Vocês vendem óleo de eucalipto?": coala invade farmácia e faz sucesso na web