Tamanho do texto

O americano Zak Evans excedeu o limite de velocidade na última segunda-feira (17) e não pode presenciar o nascimento de sua filha; entenda a história

Zak e Bridget Evans, que estava grávida,  passaram por alguns apuros para que sua filha pudesse nascer
Reprodução/CNN
Zak e Bridget Evans, que estava grávida, passaram por alguns apuros para que sua filha pudesse nascer


O nascimento de uma criança é um momento muito esperado pelos seus pais, por isso, quando uma grávida entra em trabalho de parto, todos esperam que nenhum empecilho atrapalhe esta ocasião especial e urgente. Em alguns casos, porém, nada acontece da maneira planejada, como ocorreu com um casal americano na última segunda-feira (17), que teve de passar por diversos imprevistos até o nascimento de sua filha.

Leia também: Texto de lei gera confusão ao permitir que grávidas cometam assassinato nos EUA

Ao entrar em trabalho de parto sete semanas antes do esperado, Bridget Evans precisou ser levada às pressas para o hospital e, preocupado com a saúde de sua esposa grávida , Zak Evans não pensou duas vezes antes de pisar fundo no acelerador enquanto dirigia pelas ruas de Rapides Parish, no estado de Louisiana.

O que não esperavam era que a infração de trânsito terminaria com o pai da família na  cadeia : afinal, no meio do caminho, policiais perceberam que o veículo estava acima do limite de velocidade e impediram o casal de prosseguir sua viagem. “Meu marido imediatamente começou a gritar ‘minha esposa está em trabalho de parto’, e eu avisei que o bebê ia nascer prematuro, mas mesmo assim, eles nos mandaram sair do carro”, Bridget contou ao portal "KALB".

As autoridades chamaram uma ambulância para Bridget e decidiram prender Zak, que explicou que não teve tempo para checar o velocímetro: “Eu estava preocupado com ela e com a nossa bebê, que podia ter morrido”, disse. Porém, nada foi capaz de convencer as autoridades, e o futuro papai foi levado para a prisão.

A pequena Letty Evans nasceu prematura, porém, tudo correu bem durante o parto e ela está saudável
Reprodução/CNN
A pequena Letty Evans nasceu prematura, porém, tudo correu bem durante o parto e ela está saudável




Sua estadia, porém, não durou muito. Depois de uma ligação do hospital, os policiais liberaram Zak, que correu para a maternidade com o objetivo de dar todo o suporte para a sua esposa. Mas ele chegou um pouco atrasado, e ao entrar no quarto, descobriu que sua filha já tinha nascido.

Leia também: Pelado, homem chuta duas viaturas e é preso após prejuízo de US$ 2 mil à polícia

Revolta

Por mais que ambos estejam felizes que sua filha, Letty Evans, nasceu sem complicações e está saudável, o casal não está nem um pouco conformado com a situação. “Eles não nos deram a chance de ter essa experiência, e isso é algo que nunca vamos poder reverter”, Bridget desabafou.

Os oficiais, por outro lado, explicaram que o homem estava irritado e não quis cooperar. “Ele começou a nos ameaçar, e disse que iria atrás de todo mundo se algo acontecesse com sua esposa grávida”, Heath Landry, chefe da polícia, esclareceu.

Leia também: 'Não sabia que estava grávida': adolescente dá à luz e joga bebê pela janela

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.