Tamanho do texto

Depois de confessar ter feito sexo, dentro de um carro, com um menor de idade, a professora foi indiciada em dois condados diferentes no Missouri

professora
Reprodução/The Mirror
professora


A professora Loryn Barclay, de 24 anos, foi presa no último domingo (25), acusada de fazer sexo com um de seus alunos. A americana trabalhava em uma escola em Monett, no Missouri, Estados Unidos, e agora enfrenta duas acusações – de dois condados diferentes – referentes ao abuso sexual.

Leia também: Professora de matemática é presa por fazer sexo com três alunos nos EUA

Segundo o portal  The New York Post , o envolvimento de Barclay com um aluno de 17 anos começou a ser investigado em abril, quando o policial Jay Jastal, que trabalha no colégio Monett High School, recebeu informações de que os dois estariam fazendo  sexo .

Ainda de acordo com o site, o aluno confirmou a situação em meados de maio e, logo em seguida, a professora confessou estar em um "relacionamento inapropriado" com o adolescente.

Presa e levada a depor sobre o caso, Barclay contou aos policiais que teve relações sexuais com o garoto tanto dentro de um carro quanto na casa do aluno , que fica no condado de Barry, vizinho da cidade onde a professora reside.

Por ter praticado os atos ilegais em dois condados diferentes, agora a mulher tem que responder a dois processos diferentes: o primeiro, no condado de Lawrence, e o segundo, no condado de Barry. 

Depois de pagar a fiança de 25 mil dólares em Lawrence, foi liberada – mas ainda precisa pagar pelos 10 mil dólares que o governo de Barry estabeleceu, além de comparecer às audiências marcadas para o mês de julho.

Contratada na Monett High School em meados de setembro, Barclay trabalhava como professora substituta, mas, desde que o caso foi descoberto, foi dispensada pela administração do colégio.

"Quando nós ficamos sabendo do potencial envolvimento da professora com um estudante, seguimos, rapidamente, todos os procedimentos protocolares: conversamos com a docente, que foi demitida, e agora esperamos que as leis façam o seu trabalho", declarou o superintendente da escola, Brad Hanson, segundo o jornal  The Monett Times

Mais casos de abuso sexual

A professora Lindsey Jarvis, de 27 anos, foi presa na sexta-feira (16) suspeita de estuprar um de seus alunos .  Segundo as autoridades, Jarvis e o garoto – menor de 16 anos – por meses mantiveram um "relacionamento amoroso", e Jarvin foi detida quando policiais encontraram provas de tal envolvimento no celular do adolescente. 

A professora foi acusada de fazer sexo com um de seus alunos nos EUA
Reprodução/The Sun
A professora foi acusada de fazer sexo com um de seus alunos nos EUA




Segundo o portal  Daily Mail , a mulher fazia sexo  com o aluno quando lecionava estudos sociais na escola Woodford County Middle School, na cidade de Versailles, Estados Unidos. Agora, a professora enfrenta acusações de estupro , sodomia e atividades ilegais com um menor de idade no condado de Woodford, estado do Kentucky.

Leia também: Professora de teatro é presa após fazer sexo oral em aluno de 15 anos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.