Tamanho do texto

Padre Martínez, que tem o costume de se fantasiar no carnaval, recebeu críticas de outros clérigos por sua escolha de fantasia para desfile deste ano

Em clima carnavalesco, padre Martínez e dois amigos decidiram ser o fundador da Playboy e suas coelhinhas em desfile
Reprodução/Twitter
Em clima carnavalesco, padre Martínez e dois amigos decidiram ser o fundador da Playboy e suas coelhinhas em desfile

Por mais que alguns cristãos considerem o carnaval um evento pagão e pecaminoso, alguns líderes religiosos parecem discordar. Um padre espanhol pediu o perdão de fiéis depois de se fantasiar de Hugh Hefner, fundador e editor-chefe da revista Playboy. Juan Carlos Martínez, de 40 anos, participou de um desfile com dois amigos, que estavam vestidos de "coelhinhas".

Leia também: Em briga de rua, mulher morde e arranca pedaço de orelha de vítima

Apesar de alguns fiéis terem defendido a atitude do padre , afirmando que ele só estava se divertindo um pouco e não havia feito nada de errado perante a Bíblia, o arcebispo de Santiago não ficou nada contente com a fantasia, e sugeriu que o clérigo deveria tirar alguns dias para participar de um “retiro espiritual”.

Mesmo que nenhuma ação formal tenha sido tomada contra Martínez, ele se desculpou oficialmente durante uma missa, de acordo com emissora de televisão espanhola. “Gostaria de pedir perdão a todos que possam ter se sentido ofendidos”, disse o sacerdote.

Leia também: Bêbada, professora vomita em sala de aula e é retirada em cadeira de rodas

Em clima carnavalesco, Martínez decidiu participar de desfile em Pontevedra, na Galícia. Com dois amigos fantasiados, ele se deitou em uma cama semelhante à da mansão da Playboy e foi levado por um 4x4. Uma das "coelhinhas" ainda subiu em cima no clérigo e simulou sexo.

O supervisor de Martínez, o padre sênior Calixto Covo, disse que não apoia a fantasia escolhida pelo sacerdote, e disse acreditar que essa não foi a decisão mais sábia considerando seu status religioso, mas garantiu que nenhuma punição será aplicada.

Leia também: Chinês sobrevive após ter cabeça perfurada por cabo de aço de 1,5 metros

Fiéis frequentadores da paróquia afirmaram que Martínez é um clérigo brilhante que ajuda diversas instituições de caridade e que atraiu mais pessoas à Igreja.  Dezenas se reuniram em frente à porta de sua casa para demonstrar apoio.

“Ele é uma pessoa muito alegre e aberta, não me surpreende que tenha tido vontade de participar do desfile”, disse um dos residentes da cidade. Padre Martínez descreveu sua escolha de fantasia como “infeliz”, mas afirmou que todo ano se fantasia e participa das celebrações de carnaval.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.