Pessoas se refrescam em torneira
Reprodução/Twitter - 18.07.2022
Pessoas se refrescam em torneira

Empresas como a Anglian Water, que opera no leste da Inglaterra; ou a Bristol Water Foundation estão alertando os britânicos para o risco da falta de água devido à onda de calor. Comunicados em tons severos passam a extrema preocupação de que o consumo desenfreado poderá afetar dramaticamente o fornecimento em várias partes do Reino Unido.

Centenas de pessoas enfrentaram filas em estações de abastecimento de garrafas, sob o calor escaldante desse fim de semana, segundo publicou o tabloide The Sun. E com as temperaturas chegando ao pico nesta segunda e na terça-feira, as empresas de água já alertaram que poderá haver interrupções na distribuição para a população.

No domingo, os moradores de Norfolk ficaram com torneiras secas por mais de 30 horas, após relatos de uma tubulação estourada. Situações semelhantes puderam ser testemunhadas na Ilha de Sheppey, em Kent.

Problemas de abastecimento também foram verificados em Bristol, com a Bristol Water Foundation alertando que a onda de calor desta semana pode afetar a pressão e o sabor da água .

“Com o clima ficando mais quente, você pode experimentar uma queda na pressão da água, especialmente durante os horários de pico”, disse aos clientes. Num outro comunicado, a orientação para evitar desperdício:

"À medida que as temperaturas sobem, o uso de água tende a aumentar enquanto todos tentamos nos refrescar com chuveiros, mangueiras e piscinas infantis. Isso aumenta a demanda em nossa rede", alertou a fundação.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários