O novo presidente sul-coreano, Yoon Suk-yeol
Reprodução/Flickr - 06.07.2022
O novo presidente sul-coreano, Yoon Suk-yeol

O novo presidente sul-coreano, Yoon Suk-yeol, determinou que pretende punir a Coreia do Norte em caso de provocação. A ordem às forças armadas foi anunciada nesta quarta-feira durante sua primeira reunião com altos comandantes do Exército, Marinha, Força Aérea e Corpo de Fuzileiros Navais desde que assumiu o cargo, em maio.

"[O presidente] ordenou que nossos militares punissem rápida e firmemente a Coreia do Norte no caso de realizar uma provocação", diz comunicado do gabinete presidencial divulgado pela agência de notícias Yonhap News, acrescentando que "ele enfatizou que é missão dos militares defender a vida, propriedade, território e soberania do povo a todo custo, e que devemos mostrar firmemente nossa determinação em fazê-lo".

Ainda de acordo com a nota da presidência da Coreia do Sul, Yoon considera que o momento é de "incertezas" na relação com os países da região e, portanto, seria necessário "garantir uma forte capacidade de defesa para defender a segurança do país e o interesse nacional". Na reunião, Yoon também deixou claro que a reação ao Norte, visando a impedi-lo de usar armas e mísseis nucleares, ocorreria em estreita coordenação com os Estados Unidos. Ao mesmo tempo, porém, ele diz estar aberto para manter diálogo com Pyongyang.

A Coreia do Norte realizou uma série de testes de mísseis de curto a longo alcance desde a posse de Yoon e mostrou sinais de preparação para o que seria seu sétimo teste nuclear.


Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários